Conceito de Família

A característica de absoluta individualidade de um espírito humano já deixa claro como deve ser a atitude dos pais quando, na época da adolescência, o espírito no filho desperta para a atuação na vida terrena: respeito absoluto às suas resoluções espirituais, frutos do livre-arbítrio. 

O livre-arbítrio é uma característica inerente ao espírito humano, e por isso não pode ser tolhido por nenhum membro da família. Tal ato constituiria uma transgressão direta à lei do movimento na Criação, que tudo impulsiona para o desenvolvimento. 

As conglomerações familiares, porém, em sua maior parte, não observam esse mandamento tão nítido e lógico de respeito incondicional às decisões espirituais de seus membros. Impõem-lhes frequentemente, desde cedo, uma bem determinada direção a seguir, tida como certa para todos os integrantes do grupo, sem nenhuma distinção. Não levam em conta as peculiaridades de cada espírito humano individual que faz parte da família. 

Cada integrante dessa família equalizada se julga então no direito de interferir na vida do outro, de dispor como bem entender do seu tempo, às vezes até mesmo dos seus bens. Supõem deter não apenas a prerrogativa, mas até o dever de opinar, de advertir e admoestar, quando não de condenar, para que a “paz familiar” seja preservada a todo custo. 

Contudo, essa paz tão louvada não passa de um indolente sono coletivo de espíritos recostados uns nos outros, ou pendurados uns nos outros, situação que faz todo o clã familiar afundar espiritualmente em conjunto, sem que um tal soçobrar se torne reconhecível terrenamente. 

O conceito de família atualmente vigente – o de um bloco monolítico que só pode se mover sempre numa única direção – sufoca o livre-arbítrio de seus membros, impede o desenvolvimento espiritual de cada um (http://on.fb.me/1DcaEuE). 

Esse rígido conceito de família é um perigo enorme para o espírito humano, um perigo muito pouco reconhecido. Quem se acomoda confortavelmente nas aconchegantes amarras familiares fica estagnado em sua evolução (http://on.fb.me/1edZoS9), distanciando-se cada vez mais da pátria espiritual. 

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra. Acesse: http://bit.ly/ogt-catálogo.) 

Roberto C. P. Junior

(http://bit.ly/rcpjunior)

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--