Incentivos e Encorajamentos

Quase todo mundo gosta de ouvir palavras de incentivo, de ler uma ou outra frase de estímulo e de encorajamento. A demanda para isso é sempre elevada, sempre permanente. Por isso, há uma infinidade de páginas dedicadas a elevar a autoestima de cada dia, numa profusão impressionante de imperativos e interjeições.

“Nunca desista dos seus sonhos!”, “Persista e atingirá seus objetivos!”, “O sucesso depende unicamente de você!” “Faça! Aconteça!” É mais ou menos isso o que gostamos de ouvir e também de seguir. Ou melhor, que procuramos seguir, pelo menos durante algum tempo, ou por um curto tempo, na maioria das vezes. O suficiente para constatarmos que, para nós, o estímulo parece não funcionar tão bem, ou que, definitivamente, não funciona nada bem. Mas... será que funciona para os outros?

Não há nada de errado com frases de incentivo, exceto por um detalhe: elas não levam em conta o estado anímico e espiritual das pessoas. E isso faz toda a diferença. Elas ficam só na superfície. O íntimo permanece intocado.

Ninguém pode receber algo de real valor sem ter dado alguma coisa antes em igual medida, nem que tenha sido uma simples boa palavra ou um pensamento puro. Dádiva real, valor verdadeiro, nada tem que ver com sucesso, fama ou dinheiro, mas sim com serenidade, paz e alegria.

É claro que podemos almejar progresso e melhoria terrenos. Nada de errado com isso também, desde que não seja visto como o objetivo último de nossa passagem pela Terra, como a meta suprema a ser alcançada por aqui (http://on.fb.me/1DyvX3X). E, principalmente, que esse esforço nunca, mas nunca, se dê em prejuízo de nosso semelhante. Riqueza e poder obtidos à custa de sofrimento alheio não têm nenhuma durabilidade e nem tampouco trazem alegria. Ao contrário, acarretam um pesadíssimo carma na lei do retorno.

De nada adianta também alguém consumir frases de encorajamento se, por dentro, tal incentivado dá guarida à inveja, à cobiça, ao ciúme, ao ódio, à vaidade (http://on.fb.me/1Kgknzm). Para os que sofrem dessas graves doenças, em maior ou menor grau, qualquer palavra de incentivo será sempre inteiramente inútil, pois nunca alcançarão o progresso que ambicionam, pelo menos não um progresso duradouro, que torne a vida mais doce e o ambiente mais alegre.

Aqui vai então um encorajamento mais aprofundado: "Deixa brotar e crescer dentro de ti uma vontade ilimitada para o bem, permanente e inabalável, que envolva naturalmente teus atos, palavras e pensamentos antes mesmo de tomarem forma. A infalível lei de retorno cuidará então de trazer de volta as bênçãos, espirituais e terrenas, geradas por essa tua nova semeadura."

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra. Acesse: http://bit.ly/ogt-catálogo.)

 

Roberto C. P. Junior

(http://bit.ly/rcpjunior)

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--