Cafelândia

Colégio Estadual Alberto Santos Dumont e o Projeto Horta na escola com o uso de Cisterna

O Colégio, Estadual Alberto Santos Dumont, preocupado com a Educação Ambiental, Alimentação Saudável, a Contribuição para o Crescimento Sustentável  e pela busca em  transformar, os seus alunos, em multiplicadores de ações para a preservação e uso racional dos recursos naturais, realizou o projeto horta na escola em conjunto com o projeto de sustentabilidades de sistemas para captação de água da chuva e aproveitamento da mesma.

Esse, também foi pensado com o objetivo de conscientizar os alunos sobre os alimentos orgânicos, os quais são produzidos sem o uso de agrotóxicos sintéticos e fertilizantes químicos. Ou seja, fazem uso apenas de substâncias naturais no controle de pragas e na adubação; assim como valorizar as práticas campesinas e preservação de recursos naturais.

Pensando em proporcionar aos estudantes conhecimento prático a respeito dessas questões, e de outras tantas, o colégio desenvolveu as ações necessárias para o desenvolvimento do projeto, que teve como princípio aproveitar espaços inutilizados para criação e manutenção da horta de alimentos orgânicos e do sistema de captação de água por meio de uma cisterna.

Além de encontrar um ambiente propício na escola, o projeto de criação de uma horta permite a multidisciplinaridade como um fator de integração de conhecimentos e dos próprios alunos.

Outro ponto fundamental, é que além de ocupar um espaço físico ocioso, os alimentos produzidos podem exercer um papel complementar na merenda escolar. É possível, ainda, estimular hábitos alimentares mais saudáveis, e a preservação do meio ambiente.

Diante disso, o objetivo dos professores e agentes educacionais envolvidos neste projeto é trabalhar conceitos de educação ambiental; despertar o pensamento crítico no aluno para que ele se reconheça enquanto parte do meio ambiente, e também por isso, é necessário preservá-lo; utilizar o espaço para ministrar aulas multidisciplinares a respeito de conteúdos relacionados à horta em ciências, biologia, geografia e outras matérias pertinentes; estimular a adoção de bons hábitos alimentares; produzir insumos que podem complementar a merenda escolar; valorizar o trabalho em equipe; conscientizar a respeito da importância dos alimentos orgânicos, não só pela questão da saúde, mas pelo viés da importância econômica, uma vez que são cultivados principalmente por pequenos produtores; trabalhar o processo de cultivo de alimentos e todas as variáveis que o envolvem; e estimular a observação como meio para levantar hipóteses e solucionar problemas.

Assuntos como solos, tanto a medição quanto a preparação, o clima, variedade das plantas e irrigação são alguns dos temas abordados durante a execução do projeto.

O desenvolvimento desse projeto horta na escola foi realizado em uma série de etapas, nas quais o importante foi a integração entre os alunos, os professores e agentes educacionais da escola.

A primeira etapa foi quanto a elaboração do projeto, no qual comtemplou os objetivos e desenvolvimentos no decorrer do processo dentro da realidade na nossa escola.

Após a produção do projeto, ele foi apresentado a comunidade escolar, pontuando a importância do mesmo e como seria o desenvolvimento dele na escola,  tais como o espaço que possibilite uma boa execução do projeto, solo propício para plantações, fonte de água próxima, alta incidência solar, fácil acesso tanto de professores, quanto de alunos.

Na hora de escolher o que plantar, foi preciso levar em consideração aqueles produtos que são favoráveis ao clima do local, os que são propícios à estação, e ainda, como eles poderiam contribuir na aprendizagem dos alunos.

Os canteiros preparados, outro passo, foi a escolha dos vegetais visto que alguns são plantados em sementes e outros em mudas.

Após o plantio, alunos, junto com os professores e funcionários encarregados, se responsabilizaram pelos cuidados necessários e pelo acompanhamento da horta.

Nos meses que se passaram produtos como alface, repolho, cenoura e beterraba foram utilizados como complementação da merenda escola da escolar.

Sem dúvida este projeto veio a contribuir com o objetivo da escola, quanto ao socializar o conhecimento e atuar na formação moral e intelectual, promovendo o pleno desenvolvimento do indivíduo como cidadão consciente, e a auxiliar o aluno a encontrar os meios de se preparar para realizar seus próprios projetos de vida.

Por: Hebe Girelli da Silva

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--