Cultura & Entretenimento

4º Concurso de Receitas Saudáveis da alimentação escolar é realizado em Cafelândia

Divulgação

Com iniciativa do Convênio Educação Ambiental e Cultura e uma parceria da Itaipu Binacional e o Conselho dos Municípios Lindeiros ao Lago de Itaipu, o Concurso de Receitas Saudáveis chegou na sua 4º edição no ano de 2019. O principal objetivo é a criação de cardápios com receitas de aplicabilidade com alimentos da agricultura familiar para publicação do 4º Caderno de Receitas Saudáveis para a Alimentação Escolar da BP3 e Oeste do Paraná.

 

Na noite de quinta-feira, 24, foi a vez das cozinheiras das escolas e CMEIS de Cafelândia apresentarem os seus pratos. O evento aconteceu na ASMUCA e contou com a presença das equipes das diretorias de cada escola, da Secretaria de Educação, dos jurados e das cozinheiras.

 

A edição 2019 contou com a participação de 16 merendeiras, e sete receitas inscritas, sendo cinco salgadas e duas doces, todas criadas pelas próprias cozinheiras, atendendo a proposta do concurso: reaproveitamento de folhas e talos, resgatar e cultivar a sabedoria popular das PANCS (Plantas Alimentícias Não Convencionais), a utilização de ingredientes da agricultura familiar e levando em consideração a aplicabilidade e possibilidade de inserção no cardápio da alimentação escolar. O concurso busca valorizar o papel das cozinheiras e promover a formação de hábitos alimentares saudáveis nas escolas.

 

Para a secretária de Educação e Cultura, Rozane Pitol, o evento valorizou o trabalho das cozinheiras. “Gostamos muito de ver o empenho e a dedicação ao elaborarem as receitas. Todas deliciosas, criativas e diferentes. Aproveito para parabenizar todos os envolvidos e aos jurados que vieram ao nosso município. A administração com o prefeito Dr. Franus, vê na alimentação escolar alicerces na formação de seres saudáveis prezando a qualidade. Portanto, estamos formando o cidadão”, fala Rozane Pitol.

 

A nutricionista, Renata Carvalho de Souza, foi a responsável pela organização do concurso e acompanhou todos os processos. “O resultado foi muito positivo, pois, os pratos estavam todos bem elaborados sem contar na criatividade de cada ingrediente que foi inserido na receita. Agradecemos a Itaipu por apoiar e incentivar a alimentação saudável nas escolas, pois, este tema que abordamos no concurso é de suma importância para o desenvolvimento das nossas crianças”, comenta Renata.

 

As receitas elaboradas pelas cozinheiras foram: Escola Municipal Theofânio Agapito Maltezo: Torta Saudável Integral; Escola Municipal André Luiz da Silva Prestes: Omelete; Escola Municipal do Campo Manoel da Nóbrega: Farofa; Escola Municipal Teotônio Vilela: Rocambole de Carne Moída com Legumes; CMEI Anna Parcheta Franus: Bolo de Aveia e Banana; CMEI Rosália Motter: Bolo de Maçã, Aveia e Farinha Integral; Pré-Escola João XXIII: Panqueca Integral.

 

As ganhadoras do concurso foram as cozinheiras da Pré-Escola João XXlll, Sueli Cezar e Zelinda Vissovatti com o prato: panqueca integral.

 

Premiação

O valor da premiação foi de R$800 para a Pré-Escola, que pode ser utilizado na aquisição de equipamentos para a cozinha, e R$1 mil para as cozinheiras.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--