Educação

Ações de maio no Colégio Maria Griggío de Cafelândia

Faça bonito! Proteja nossas crianças e adolescentes.

No dia 18 de Maio de todo ano é o Dia Nacional de Combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes.

               O dia 18 de Maio é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro. Foi escolhido esse dia porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune. Diante disso, o dia 18 de Maio foi proposto em 1998, quando cerca de 80 entidades públicas e privadas, reuniram-se na Bahia para o 1º Encontro do Ecpat no Brasil. O evento foi organizado pelo Centro de Defesa de Crianças e Adolescentes (CEDECA/BA), representante oficial do Ecpat, organização internacional que luta pelo fim da exploração sexual e comercial de crianças, pornografia e tráfico para fins sexuais, surgida na Tailândia. O encontro reuniu entidades de todo o país. Foi nessa oportunidade que surgiu a ideia de criação de um Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Infanto-Juvenil (Fonte: https://www.facabonito.org.br/acampanha).

               A partir deste dia, foi criado o dia de combate ao abuso e exploração sexual infanto-juvenil e todos os anos em nossa escola, atividades são realizadas pela Rede de Apoio: Conselho Tutelar, Cras, Saúde.

               Neste ano, no dia 17 de maio, tivemos uma palestra que foi direcionada aos pré-adolescentes e adolescentes dos 7º e 8º anos. A palestra foi ministrada por Juliana Molina Constantino, ativista da causa, que trouxe uma fala muito preparada e de orientação aos alunos, pois acredita que comover a sociedade e os alunos para as consequências que o abuso sexual infantil causa às vítimas é uma forma de formar educandos conscientes para o tema e também que tenham coragem para reagir a qualquer situação de risco que possa vir a acontecer.

               Para os alunos dos 6º anos contamos com uma peça de teatro, utilizando uma metodologia lúdica e linguagem própria para abordar a temática com as crianças.

               É sempre bom lembrar que em caso de abuso ou suspeita de abuso e violência sexual, deve-se procurar alguém de confiança e procurar ajuda. A ajuda pode ser solicitada através de uma ligação para o Disque 100.

OLIMPIADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA

No dia 21 de maio de 2019, o Colégio Maria D. Griggio,  participou da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP é um projeto nacional dirigido às escolas públicas e privadas brasileiras, realizado pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada - IMPA, com o apoio da Sociedade Brasileira de Matemática – SBM, e promovida com recursos do Ministério da Educação e do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC. Criada em 2005 para estimular o estudo da matemática e identificar talentos na área, a OBMEP tem como objetivos principais:

- Estimular e promover o estudo da Matemática;

- Contribuir para a melhoria da qualidade da educação básica, possibilitando que um maior número de alunos brasileiros possa ter acesso a material didático de qualidade;

- Identificar jovens talentos e incentivar seu ingresso em universidades, nas áreas científicas e tecnológicas;

- Incentivar o aperfeiçoamento dos professores das escolas públicas, contribuindo para a sua valorização profissional;

- Contribuir para a integração das escolas brasileiras com as universidades públicas, os institutos de pesquisa e com as sociedades científicas;

- Promover a inclusão social por meio da difusão do conhecimento.

O público-alvo da OBMEP é composto de alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até último ano do Ensino Médio.

“Projeto: Doe conhecimentos, doe livro”

Tendo em vista o Projeto “Doe conhecimentos, doe livro” os alunos do Grêmio Estudantil Liberdade, União e transformação Estudantil (L.U.T.E) conseguirem nesta campanha a arrecadação de aproximadamente 300 livros de obras literárias, que serão acrescentados no acervo da Biblioteca do Colégio Estadual Maria Destefani Griggio, com o intuito de impulsionar a leitura dos alunos.

Os livros serão disponibilizados para os alunos na Biblioteca do Colégio e posteriormente em outro projeto onde os alunos terão a oportunidade de fazer a leitura durante o recreio em uma sala específica com supervisão do Grêmio Estudantil.

Agradecemos a colaboração dos alunos, professores e principalmente da comunidade que ajudaram com a arrecadação e doação dos livros, que incentivam a leitura e ampliação do conhecimento das futuras turmas do Colégio Estadual Maria Destefani Griggio.

Educação financeira: formação para um consumo consciente.

               No dia 22 de maio, recebemos uma equipe da Cooperativa de Crédito -  Sicredi, para realizarem com os nossos alunos, a oficina de educação financeira “Cooperação Na Ponta do Lápis”. A oficina foi organizada de acordo com a idade dos alunos e tem por objetivo orientar os alunos a organização financeira e o consumo consciente. Consideramos fundamental, a formação de gerações que saibam administrar bem suas finanças, para colaborar com um desenvolvimento humano melhor, mais sustentável e mais saudável. O Colégio agradece a parceria do Sicredi nesta iniciativa.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--