Educação

Alunos da Guarda Mirim recebem certificado de curso de Informática

entral de Notícias Unioeste - CNU

Na manhã de quarta-feira (25) foi entregue os certificados aos concluintes dos cursos de Informática lecionados na Guarda Mirim. A iniciativa é do Colegiado de Ciência da Computação da Unioeste (Universidade Estadual do Oeste do Paraná), por meio da Pró-Reitoria de Extensão.

Foram certificados participantes de dois projetos: "Software Livre como ferramenta para a inclusão digital de adolescentes", coordenado pelo professor Dr. Carlos José Maria Olguín e "Noções Básicas de Informática" coordenado pelo professor Dr. Ivonei Freitas da Silva.

Os cursos tiveram duração de três meses e foram lecionados aos sábados nos laboratórios de Informática da Unioeste. A atividade é ordenada por cinco professores do curso de Ciência da Computação e conta com nove acadêmicos bolsistas que são quem ministram as aulas.

A Unioeste tem esse projeto em união com a Guarda Mirim desde 2002, e nesses 17 anos, aproximadamente dois mil alunos já foram capacitados. A pró-reitoria de extensão, professora Sandra Belotto conta que “esse curso não é bom somente para os adolescentes que participam da guarda mirim, mas também para os acadêmicos extensionistas que podem participar ativamente nessas atividades”.

“Pra nós é de grande valia ter essa parceria com a Unioeste porque muitas vezes nossos adolescentes não têm essa oportunidade. Eles ganham o curso de forma gratuita, e tendo em vista que eles vêm para a guarda mirim para serem encaminhados para o mercado de trabalho, eles tendo essa capacitação na área de informática acrescenta muito na formação profissional deles”, conta a coordenadora pedagógica da Guarda Mirim, Daiane Lima.

E os benefícios são destacados pelos próprios alunos. Bruno Grellmann de 16 anos e Matheus João Quadros, de 17 anos, foram colegas durante o curso, e para eles, o mais interessante foi ter diferentes monitores ao longo do curso. “Além de conseguir ter visões diferentes sobre as ferramentas, conseguimos aprender muitas coisas diferentes (...) Conhecemos também o ambiente da Universidade, os laboratórios, e vemos o quanto isso acrescenta na nossa vida profissional”.

O professor Carlos Olguín coordena o projeto desde 2002, e destaca a importância dessa troca entre os acadêmicos e os alunos da Guarda Mirim. “O que estamos fazendo é oferecendo uma ferramenta a mais para que esses adolescentes tenham oportunidade de se inserirem no mercado de trabalho”.

A Guarda Mirim oferece capacitação para adolescentes de 14 à 17 anos que procuram se inserir no mercado de trabalho. Além do curso de Informática, outros cursos são ofertados. Todas informações sobre o curso de informática estão disponíveis em http://www.inf.unioeste.br/guardamirim/?conteudo=home.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--