NOTÍCIA ATUALIZADA

Avião com 113 pessoas a bordo cai após decolar de aeroporto de Havana, em Cuba

Foto ilustrativa Pixabay

Um avião caiu nesta sexta-feira (18) ao decolar Aeroporto Internacional José Martí, em Havana, capital de Cuba. Segundo a imprensa cubana, apenas 3 das 113 pessoas a bordo teriam sobrevivido.
Os sobreviventes estariam em estado crítico, de acordo com o jornal oficial Granma, mas as autoridades ainda não confirmaram o número de mortos.
O líder da ditadura cubana, Miguel Díaz-Canel, disse que o voo tinha 104 passageiros e nove tripulantes, mas também não especificou o número de mortos. "As notícias não são nada promissoras, parece que há um grande número de vítimas", disse ele.
A aeronave era um Boeing 737, que tem capacidade entre 126 e 178 pessoas, de acordo com a empresa.
A queda teria acontecido em uma área rural nas proximidades do Terminal 1 do aeroporto.
O imprensa estatal cubana afirmou que o destino do voo era a cidade de Holguín, no leste de Cuba e que aeronave pertencia a empresa mexicana Damohj, mas estava arrendada para a companhia aérea Cubana de Aviación, a principal da ilha.
Testemunhas disseram que ambulâncias e bombeiros estão no local do acidente para atender as vítimas. Nas redes sociais, circulam imagens e vídeos que seriam do avião em chamas. Nos registros, é possível ver uma grande nuvem de fumaça cinza.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--