Economia

Bolsa sobe após cinco pregões de baixa e dólar ronda os R$ 3,70

Ilustrativa Pixabay

A Bolsa brasileira voltou a fechar no positivo nesta terça-feira (12) após cinco sessões consecutivas de queda. O dólar recuou, com nova ação do Banco Central, mas segue orbitando ao redor dos R$ 3,70.
O Ibovespa, principal índice acionário brasileiro, ganhou 0,62%, a 72.754 pontos. Durante o pregão, chegou a registrar alta de mais de 1% e também queda. O giro financeiro somou 9,79 bilhões de reais.
O índice vem sendo pressionado pelas projeções piores para a economia brasileira neste ano, com reflexo direto sobre ações de bancos e de companhias ligadas a consumo.
O destaque positivo, no entanto, foi a alta nos papéis da Embraer, que saltaram 6,12%, para R$ 24,78.
Citando fontes que preferiram não se identificar, a agência de notícias Bloomberg disse que a companhia está perto de fechar um acordo com a Boeing. Os termos do negócio já teriam sido submetidos ao presidente Michel Temer (MDB), visto que a Embraer é controlada pelo governo brasileiro.
Já o dólar encerrou o dia em queda. Na cotação à vista, que fecha mais cedo, a moeda cedeu 0,10%, a R$ 3,6939, enquanto o dólar comercial perdeu 0,45%, a R$ 3,711.
O Banco Central segue atuando no mercado para conter a volatilidade da moeda. Alvaro Bandeira, economista-chefe da modalmais, escreveu em relatório a clientes que "agentes do mercado estão impressionados com a rapidez de absorção das operações de hedge", mas que a demanda deve arrefecer dada a situação positiva das contas externas do país.
Nesta quarta, o Fed (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) decide sobre a nova ...

cooperativa Sicredi

... taxa de juros do país. Para além do anúncio de uma alta, analistas esperam uma indicação sobre os próximos aumentos, que poderiam trazer volatilidade adicional ao mercado de câmbio.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--