Esportes

Capitão na final, Cássio reclama de excesso de críticas ao Corinthians

No penúltimo treino antes da final do Campeonato Paulista, Cássio confirmou que será o capitão do Corinthians. Caso sua equipe vença o São Paulo no jogo de domingo, é ele que vai levantar a taça. Para o goleiro, a conquista servirá como mais uma forma de responder as críticas que ele considera excessiva.
Sem marcar gols há quatro jogos, o Alvinegro tem sido questionado pela falta de poder ofensivo e pela qualidade apresentada dentro de campo.
"Não é possível que uma equipe que chega na final e não tenha seus méritos. Eu acho que as críticas são exageradas em cima do Corinthians. Nós chegamos na final, vamos jogar em casa e vai ser difícil, mas uma vitória nos dá o título. Vai ser uma atmosfera toda a favor nossa. Muitas vezes, a gente não ganha na qualidade, mas, em inúmeras situações, a gente ganha na vontade, na dedicação. Pode faltar técnica, mas vontade e empenho nunca. Nenhum jogador está deixando de fazer as coisas. Isso é uma marca do Corinthians. Não tenho sombra de dúvida que todos têm confiança, vontade e dedicação", afirmou o ídolo corintiano em entrevista coletiva nesta sexta-feira.
O último jogo em que o corintiano gritou gol foi justamente na arena em Itaquera. Na ocasião, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 1 e levou a vantagem para o segundo jogo. Depois, no Pacaembu, os comandados de Sampaoli dominaram o jogo por 90 minutos, mas acabaram eliminados nos pênaltis.
"Muitas vezes, o ataque fez gol e a gente tomou gol. E agora a gente sabe que ...

Laboratório Genesis de Cafelândia Paraná

... a falta de gols não é só deles. Vamos acabar com esse jejum, mas não adianta fazer bicho de sete cabeças. Às vezes.... Bom, não é questão de ser crítico. Cada um tem uma opinião. Mas é que criticam, criticam e criticam e estamos na final. Passamos contra o campeão argentino na Sul-Americana, temos como reverter contra a Chapecoense e estamos na final", afirmou.
"Eu entendo as críticas, mas não é um bicho de sete cabeças. No ataque, temos o Gustagol, que é artilheiro do país em 2018, o Love é muito experiente e o Boselli foi artilheiro por onde passou. A gente espera acabar a sequência sem gols rápido", completou.
No treino desta sexta-feira, o Corinthians viu Manoel voltar ao gramado e fazer trabalhos específicos após ficar fora do jogo contra a Chapecoense. Henrique ficou apenas na musculação por conta da sequência de jogos. Danilo Avelar treinou pelo segundo dia seguido e tem a presença confirmada. Em contrapartida, Junior Urso está praticamente descartado.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--