Esportes

Clubes brasileiros colocam estádios e CT’s à disposição para colaborar no combate ao coronavírus

Ideia é que os locais sirvam para abrigar pacientes em tratamento para não sobrecarregar unidades de saúde

Divulgação Flickr Grêmio

Diversos clubes brasileiros colocaram suas instalações à disposição das autoridades buscando colaborar no combate ao novo coronavírus. Com o objetivo de não sobrecarregar as unidades de saúde, os times disponibilizaram estádios e centros de treinamento para abrigar pacientes em tratamento da Covid-19.

Em São Paulo, o Corinthians disponibilizou a sede social do clube, o Parque São Jorge, e o CT Joaquim Grava para as autoridades. O São Paulo colocou à disposição do governo do Estado toda sua estrutura, inclusive o Morumbi. Já o Santos colocou toda sua estrutura à disposição da secretaria de saúde do município.

No Rio de Janeiro, o Flamengo colocou o Ginásio Hélio Maurício, na Gávea, que fica próximo do Hospital Miguel Couto, à disposição do governo estadual e da Prefeitura do Rio de Janeiro e o Botafogo colocou o estádio Nilton Santos, o Engenhão, à disposição das autoridades.

Em Minas Gerais, o Cruzeiro disponibilizou seus dois clubes sociais, a Sede Campestre e o parque esportivo do Barro Preto, aos órgãos públicos.

Em Curitiba, o Athlético Paranaense colocou a Arena da Baixa e o seu Centro de Treinamento à disposição das autoridades locais. Em Santa Catarina, o Criciúma disponibilizou o CT para a prefeitura da cidade. No Rio Grande do Sul, o Juventude disponibilizou seu ginásio coberto à Prefeitura de Caxias do Sul.

Em Goiânia, o Goiás cedeu o seu estádio, a Serrinha, para ser local de vacinação na campanha contra a gripe, que começa nesta segunda-feira (23). A ação será importante para diferenciar a gripe comum do novo coronavírus.

Em Natal, o ABC disponibilizou o estádio Frasqueirão para o governo do Rio Grande do Norte. O Bahia disponibilizou o CT Fazendão, que já foi inspecionado e aprovado pela Secretaria de Saúde da Bahia, para os pacientes. Em Alagoas, o CRB colocou o seu Centro de Treinamento à disposição das autoridades locais. No Ceará, o Fortaleza colocou a estrutura do CT Ribamar Bezerra, que fica em Maracanaú, à disposição das autoridades cearenses. O Ceará colocou o CT Dr. Luís Campos, localizado em Itaitinga, à disposição do governo estadual. Em Pernambuco, o Náutico colocou seu centro de treinamento à disposição do governo estadual.

No Pará, o Remo disponibilizou ao Governo do Estado as sedes Social e Náutica, o ginásio Serra Freire e o estádio Baenão.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--