Mundo

"Coletes amarelos" protestam pelo décimo sábado consecutivo

Os chamados “coletes amarelos” voltaram a protestar pelas ruas de Paris e de uma dezena de outras cidades francesas, hoje (19), décimo sábado consecutivo de manifestações. A mobilização ocorre dias após o presidente francês Emmanuel Macron lançar um plano para discutir com os manifestantes as reivindicações do movimento.

Cerca de 80 mil policiais foram mobilizados em todo o país. Só em Paris, cerca de 5 mil agentes públicos reforçam a segurança.

Os organizadores do protesto incentivaram que cada manifestante que tenha participado de outras marchas comparecesse hoje na companhia de dois amigos que não tenham ido a nenhuma das manifestações anteriores. O objetivo dos organizadores é superar o número de participantes do último sábado (12), quando mais de 80 mil pessoas foram às ruas em todo o país. Calcula-se que, em 17 de novembro de 2018, quando os protestos começaram, mais de 280 mil pessoas participaram do ato.

O movimento dos “coletes amarelos” é heterogêneo e não tem uma única pessoa ou grupo que o lidere. A lista de reivindicações é ampla, incluindo tanto questões de proteção ambiental,quanto a demanda por melhorias salariais. Além disso, há, entre os manifestantes, representantes de setores da extrema direita que defendem teses antieuropeias.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--