Agronews

Colheita do milho na região da Copacol se encaminha para a reta final

De acordo com o gerente técnico, engenheiro agrônomo Tiago Madalosso, as precipitações nesta safra foram abaixo da média no geral.

Copacol

Em algumas regiões o milho foi semeado mais cedo em outras um pouco mais tarde, fatores que interferiram no período de colheita

Aproximadamente 85% do milho de inverno já foi colhido na área de atuação da Copacol. Em algumas Unidades a colheita já está praticamente encerrada, enquanto que em outras um pouco mais atrasadas em decorrência da época de semeadura. Em algumas regiões o milho foi semeado mais cedo em outras um pouco mais tarde, fatores que interferiram no período de colheita.

Com 85% da área colhida, a média de produtividade até o momento está em 239 sacas por alqueire no geral, porém em algumas unidades a média está acima de 300 sacas e em outras abaixo de 150 sacas por alqueire, fator que apresenta uma grande variação de produtividade no raio de atuação da Copacol.

De acordo com o gerente técnico, engenheiro agrônomo Tiago Madalosso, as precipitações nesta safra foram abaixo da média no geral, sendo que em algumas unidades o déficit hídrico foi maior. Mesmo assim a média de produtividade é considerada boa, aliada ao bom momento que vive o mercado do grão, que ameniza as perdas.

“Fazendo uma avaliação desta safra, observamos uma disparidade muito grande nas produtividades entre as regiões, mas principalmente entre áreas vizinhas. Em muitos casos de semeaduras de mesma época com mesmo hibrido, estão sendo observadas diferenças de 30 a 40 sacas por alqueire em áreas adjacentes”, explica.

“Fazendo uma avaliação destas áreas se chega à conclusão que a principal diferença está no manejo do solo realizado ao longo dos anos. As áreas de maior produtividade apresentam maiores investimentos em correção e estruturação do solo, por isso alertamos ao nosso produtor quanto a importância de fazer um bom manejo de seu solo”, destaca Tiago.

 

Leia também: 

Conab revisa safra de 8 culturas

Produção de grãos sinaliza recorde final de 253,7 milhões de toneladas

Nova Aurora bate recorde na produção agropecuária em 2019

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.