Economia

Com alta de 1% em abril, setor de serviços tem primeira taxa positiva no ano

Ilustrativo Pixabay

O volume do setor de serviços do Brasil cresceu 1% em relação a março e teve alta de 2,2% na comparação com igual mês do ano anterior, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta quinta-feira (14).
Na quarta-feira (13), o IBGE já havia divulgado que as vendas no varejo também subiram 1% em abril.
Foi a primeira vez em 2018 que o segmento de serviços registrou crescimento frente ao mês anterior, depois de começar o ano com duas taxas negativas e uma estável. 
A mudança, no entanto, não foi suficiente para reverter a variação negativa acumulada de janeiro a abril, que está em -0,6%.
Das cinco atividades pesquisadas, quatro tiveram alta, sendo que a maior (1,7%) foi para serviços profissionais, administrativos e complementares. O resultado negativo veio dos serviços de informação e comunicação (-1,1%).
O gerente da pesquisa, Rodrigo Lobo, explicou que os transportes, que têm peso de 30% sobre o índice e registraram alta de 1,2%, foram a atividade de maior influência, um pouco acima dos serviços profissionais, que representam 21%.
Lobo afirmou ainda que os transportes vêm em recuperação desde meados de 2017, em especial o rodoviário de carga.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--