O evento contou com a participação do Arcebispo de São Paulo, Dom Odilo Scherer e o Arcebispo de Tegucigalpa, Dom Óscar Maradiaga

 

O III Congresso Internacional da Doutrina Social da Igreja, realizado pelo Centro Universitário Salesiano de São Paulo – UNISAL – e a Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP), teve início na noite de quarta-feira, 19 de setembro, com apresentação cultural dos jovens e adolescentes do Centro Juvenil Salesiano Dom Bosco, que representaram com dança e teatro as formas existentes de desigualdades sociais, das necessidades de valorização da cultura e relembraram o papel social da Igreja, por meio da fé e da ação.

Com o tema "Os Direitos Humanos, à luz da Doutrina Social da Igreja", a noite de abertura contou com cerca de 500 pessoas, no Campus Santa Teresinha do UNISAL, capital paulista.

Para o Reitor do UNISAL, Pe. Eduardo Capucho, a Igreja tem uma tradição intelectual, que ilumina as decisões dos cidadãos. "Não tem o objetivo de dizer o cidadão deve fazer, mas iluminar e auxiliar em seus objetivos".

Dentre as autoridades convidadas, Dom Óscar Maradiaga, Arcebispo de Tegucigalpa e assessor do Papa Francisco na reforma da Cúria Católica, falou aos presentes sobre a alternativa humana para os Direitos Humanos, diante da globalização da indiferença, propondo transformar a afirmação de seu tema, em uma pergunta, para que a reflexão sobre os direitos humanos realmente se apresente como uma alternativa para cada ser humano, com responsabilidades coletivas.

"Mais do que sabermos quais são os direitos humanos, precisamos levar à reflexão o reconhecimento desses direitos, que são universais. Nosso ponto de partida não pode ...

cooperativa Sicredi

... ser outro, a não ser a antropologia humana", afirmou.

Expressando gratidão pela presença do Dom Óscar Maradiaga, o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo e Grão-Chanceler da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), ressaltou a relevância do Congresso realizado, atribuindo grande importância para o UNISAL e PUC-SP, abordando um tema sempre atual e significativo.

"Muitos falam e promovem os direitos humanos. Mas a partir de qual percepção? A nossa percepção é de que a razão é iluminada pela fé, e a Doutrina Social da Igreja trata-se do Evangelho traduzido para a vida coletiva e social", destacou em seu discurso de abertura.

Dom Óscar Maradiaga destacou, ainda, a globalização da solidariedade de que falava João Paulo II, é hoje em dia é a resposta ante ao que denunciou o Papa Francisco sobre a globalização da indiferença. "Nós somos os habitantes desta grande casa em comum, somos irmãos. E, assim sendo, não podemos olhar para o outro lado, enquanto alguns sofrem, fechando os olhos e vivendo com indiferença, pois o amor ao próximo é a base do cristianismo", concluiu.

As atividades desta terceira edição do Congresso Internacional segue com programação na quinta e sexta-feira (20 e 21/09).

 

III Congresso Internacional de Doutrina Social da Igreja

Quando: 19 a 21 de setembro de 2018

Horário: dia 19, das 17h às 19h30 – dia 20, das 8h às 18h e dia 21, das 8h às 17h

Onde: UNISAL – Unidade São Paulo/Campus Santa Teresinha – Rua Augusto Tolle, 575, Santa Teresinha – São Paulo-SP

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--