Comportamento

Ex-diretor é condenado após roubar US$ 89 mil em fundos de biblioteca para jogar 'Game of War'

imagem twitter

O americano Adam Winger, 38, ex-diretor de uma biblioteca pública de Utah, nos EUA, foi sentenciado nesta terça-feira (14) a 30 dias de prisão e serviço comunitário após roubar US$ 89 mil (R$ 348,2 mil) dos fundos da instituição para jogar "Game of  War" no celular. 
Winger terá ainda de devolver boa parte do dinheiro desviado. Segundo a rede americana Fox 13, ele deverá pagar US$ 78 mil (cerca de R$ 305 mil). 
Ele se declarou culpado de roubo e fraude durante uma aparição na corte do Primeiro Distrito de Utah.
Winger roubou cartões de crédito da cidade de North  Logan que tinham como destino financiar os custos da biblioteca pública e os usou para comprar centenas de cartões de presente com créditos para o jogo. 
"Game of War" é um popular jogo de celular onde jogadores de todo o mundo se unem em alianças e se enfrentam em combates. No estilo "freemium", ele é gratuito para jogar, mas é possível pagar para diminuir o tempo de espera entre as ações, fazer upgrades e comprar itens especiais que variam de US$ 5 a US$ 100 (cerca de R$ 19 a R$ 390).
Lançado em 2013 pela Machine Zone, foi um dos aplicativos mais lucrativos de 2014 e 2015.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--