Economia

Contribuintes renegociam R$ 56,5 milhões com o Refic 2019

Governo Municipal de Cascavel

A Secretaria de Finanças divulgou ontem (3) o balanço do Refic 2019, que superou todas as expectativas de renegociação iniciais e, também, os números obtidos durante o Refic 2017. Em dois meses de atendimento, foi possível fechar 27.803 acordos, o que representa R$ 56.582.716,43. Desse montante, 31% (8.264 acordos) foram renegociados à vista, com descontos autorizados por meio da Lei 7.018/19, totalizando R$ 17.541.202,58. Esse valor à vista será confirmado após o dia 10 de outubro, quando encerra o prazo para o pagamento de todos os carnês. 

Outros R$ 19.426.491,61 (34,33% do total) devem entrar para os cofres públicos em 12 meses. Essa foi a segunda opção mais procurada para pagamento: 16.120 acordos foram firmados, o que representou 57,98% do total.

A expectativa inicial com o Programa de Recuperação Fiscal 2019 era de alcançar R$ 20 milhões, o que representaria 44,4% do valor renegociado em 2017, quando o Refic - até então considerado histórico - chegou aos R$ 45 milhões de refinanciamentos de dívidas tributárias e não tributárias.

"Com este montante, o Refic 2019 passa a liderar a história de renegociações, sendo o maior já realizado em Cascavel. Percebemos que o contribuinte atendeu ao chamado e aproveitou as vantagens oferecidas, principalmente no pagamento à vista e no parcelamento em 12 meses", avalia o diretor de Receitas Tributárias da Secretaria de Finanças, Marcelo Rodrigues.

A média diária de renegociações foi de mais de R$ 1 milhão. Em volume de atendimentos, passaram pela Prefeitura cerca de 700 contribuintes ao dia durante o mês de agosto, caindo para uma média de 300 no mês de prorrogação. Nos três últimos dias, o volume voltou a crescer, chegando a passar de mil atendimentos no último, dia 27 de setembro.

 Refic 2019 por modalidade de pagamento

refic 2019.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--