Comportamento

Copacol recebeu representantes da FAO

Copacol

Consolidada como uma das maiores e melhores Cooperativas do agronegócio brasileiro, a Copacol tem se tornado a cada dia, referência no setor de produção de tilápias.

Prova disto, foi a visita do representante da FAO (Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura), Rafael Zavala, às instalações e estruturas da Cooperativa, e também de seus assessores.

Acompanhado do presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, e do ex-ministro da pesca, Altemir Gregolin, Rafael se reuniu nesta quarta-feira, 4, com a diretoria executiva da Copacol e o superintendente de produção, Irineu Dantes Peron, para uma breve conversa sobre os investimentos e o processo de produção de tilápias.

O objetivo do encontro foi conhecer o projeto e o sistema de integração de peixe, que abrange a UPA (Unidade de Produção de Alevinos) e a unidade industrial, bem como o processo de produção realizado a campo pelo cooperado.

“Esta visita foi mais uma oportunidade de trocar informações sobre a produção de peixes que vem crescendo cada dia mais e levar para outras regiões do país, como o norte e nordeste, um modelo viável que possa ser projetado e desenvolvido para àquelas regiões”, explicou Pitol.

O presidente avaliou de maneira positiva o encontro com o representante e seus assessores, e destacou a produção de alimentos no combate à fome. “Para nós é gratificante, como referência no sistema de produção de alimentos, ser uma base para futuros projetos que visam o desenvolvimento de regiões como o nordeste, e que também buscam amenizar a pobreza em nosso país”, finaliza Pitol.
Moinho Consolata produtos

... />
FAO
O compromisso da FAO é no combate à fome e à pobreza, promove o desenvolvimento agrícola, a melhoria da nutrição, a busca da segurança alimentar e o acesso de todas as pessoas, em todos os momentos, aos alimentos necessários para uma vida ativa e saudável.

Reforça a agricultura e o desenvolvimento sustentável, como estratégia a longo prazo para aumentar a produção e o acesso de todos aos alimentos, ao mesmo tempo em que preserva os recursos naturais.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--