Comportamento

Copacol reforça cuidados no atendimento aos seus cooperados

Copacol

A Copacol é uma cooperativa formada por pessoas, cuja atividade principal é produção de alimentos, e por isso se preocupada com a saúde de todos e também com o abastecimento da população.

Por isso, neste momento de grandes desafios causados pelo Coronavírus (COVID-19), a Copacol mantém a prestação de serviços e a continuidade de toda a sua produção de proteína animal, dando o suporte e orientações necessárias aos seus cooperados e colaboradores.

“Todos nós estamos preocupados neste momento. Temos a responsabilidade de continuar nossa produção, reforçando todos os cuidados necessários para realizarmos os trabalhos com segurança”, explicou o presidente da Copacol, Valter Pitol.

Todas as ações de prevenção são realizadas nas unidades industriais de frango e peixe, nas fábricas de rações, nas unidades de produção de leitões, de alevinos, de bezerras e novilhas, matrizeiros e incubatórios, bem como em todas as unidades de atendimento ao cooperado e na rede de supermercados.

Unidades de atendimento
Em todas as unidades de atendimento o acesso limitado aos cooperados, sendo que as demandas são realizadas de forma remota, por telefone, whatsapp ou e-mail. O atendimento da área técnica agrícola continua normal, onde os profissionais visitam as lavouras de forma preventiva.

Integrações
O atendimento juntos aos produtores integrados também segue com restrições, cuja orientação é de que todas as solicitações devem ser feitas exclusivamente por telefone.

Todos os telefones para contato com a equipe de assistência constam nas fichas de atendimento disponibilizadas aos produtores. Os cooperados podem utilizar os mesmos contatos para solicitar produtos e medicamentos veterinários que possam faltar durante este período.

Outras ações
Além disso, são inúmeras as ações de prevenção que estão sendo realizadas em toda a Cooperativa desde o início de março, e reforçadas todos os dias. São elas:
- Afastamento das gestantes, pessoas com idade maior que 60 anos e com doenças crônicas;
- Aferição da temperatura corporal dos colaboradores em locais de maior circulação e dos motoristas oriundos de outras localidades;
- Sanitização da sola dos calçados nos períodos de trocas de turno das indústrias;
- Organização e adequação de locais como refeitórios, áreas de descanso, sala dos motoristas com o objetivo de reduzir aglomerações;
- Higienização rigorosa dos ônibus que realizam o transporte de trabalhadores;
- Desinfecção nas áreas de acesso à Cooperativa.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--