Saúde

Covid-19: conheça as iniciativas em tecnologia de planos de saúde e healthtechs para conter a pandemia

Pixabay

As empresas de planos de saúde estão se movimentando para entregar opções de serviços a seus clientes para contribuir de modo que fiquem em quarentena e recebam informações sobre o novo coronavírus. As soluções de telemedicina estão em alta, ainda mais depois do reconhecimento da possibilidade de atendimento à distância durante a epidemia de Covid-19. Mobile Time reúne nessa matéria as iniciativas de várias companhias do setor de saúde usando tecnologia.

Omint

A Omint lançou recentemente um hotsite responsivo com informações a respeito do coronavírus e vídeos com diretores de hospitais credenciados do plano de saúde.

Há informações sobre o que é o novo coronavírus, quais são os sintomas, possíveis tratamentos, como reduzir os riscos de infecção, além de links úteis para obter mais informações sobre a doença.

A empresa também conta com serviços de reembolso e orientação por telemedicina. O Dr. Omint Digital pode ser acessado pelo aplicativo do Omint Saúde (AndroidiOS)

O serviço por videoconferência está disponível para todos os clientes, sem restrição de planos ou idade.

A Omint também lançou um podcast com especialistas de sua rede credenciada com conteúdo sobre o coronavírus. A playlist está disponível no Spotify (AndroidiOS) e são áudios curtos e objetivos. Nas redes sociais – FacebookInstagram e LinkedIn, o plano de saúde também disponibiliza vídeos com orientações sobre a doença.

SulAmérica

O aplicativo do plano de saúde SulAmérica (AndroidiOS) fez algumas alterações para auxiliar seus clientes com relação à Covid-19. A empresa inseriu um botão de fácil acesso na home do aplicativo para “Atendimento Coronavírus”. Esse botão leva a uma página com informações gerais e orientações sobre a doença, além de acesso rápido a dois canais: à Central Telefônica do Coronavírus (0800 exclusiva) e ao Médico na Tela.

O Médico em Tela é um serviço de telemedicina oferecido pelo plano de saúde em seu aplicativo para sintomas leves para atendimento de um médico generalista ou pediatra.

A solução surgiu em fevereiro de 2019 e, depois da pandemia, o plano ampliou o acesso de teleorientação médica por meio de videoconferência. Agora, os clientes poderão acessar o serviço sem limites de utilização, de 7h às 23h, de segunda a domingo e feriados. A ferramenta funciona para esclarecer dúvidas e auxiliar em sintomas simples com um clínico geral. Segurados com crianças até 12 anos podem solicitar uma videochamada com um médico pediatra.

Seguros Unimed

A Seguros Unimed desenvolveu um serviço de teleorientação médica 24 horas por dia via ...

Moinho Consolata

... telefone (0800 892 4888) e por meio do app Seguros Unimed (AndroidiOS). O canal funciona para que seus clientes recebam orientações confiáveis em caso de dúvidas ou mesmo sintomas da Covid-19 sem precisar sair de casa.

Uma equipe de saúde especializada avalia cada situação e recomenda o melhor a fazer. Nos casos indicados, o paciente recebe por SMS um link para entrar em uma sala de vídeo para se conectar com um médico, no prazo de 30 minutos ou de forma agendada.

“A teleorientação é indicada para esse momento de pandemia pelo novo coronavírus, em que é recomendado pelo Ministério da Saúde e demais órgãos sanitários que pessoas com sintomas leves, sem febre ou com febre baixa, não se desloquem aos prontos-socorros”, disse em comunicado a empresa.

A Seguros Unimed também informa que o serviço de teleorientação funcionará também para esclarecimento a respeito de outras doenças e sintomas e para esclarecer outras dúvidas ou demandas relacionadas à saúde dos clientes da Seguros Unimed.

Amil

A Amil (AndroidiOS), por meio de sua assessoria de imprensa, informou que está fazendo algumas alterações em seu aplicativo e, em breve, deverá anunciar as novidades. Porém, lembrou que a empresa oferece a seus clientes Amil One atendimento por meio de videoconferência disponível 24 horas por dia, sete dias por semana.

Startups – Health Techs

Dandelin

A startup que une médicos e pacientes já incluiu em seu aplicativo informações sobre a Covid-19. A Dandelin (AndroidiOS) está com uma lista de 20 ações relacionadas à pandemia. Para começar, fizeram uma pesquisa com os médicos generalistas, clínicas médicas, infectologistas e otorrinos cadastrados na plataforma (ativos e inativos) perguntando sobre a predisposição de atendimento de pacientes com sintomas de coronavírus. Em seguida, pediram para que eles atualizassem os dias e horários de atendimento. Assim, fizeram um selo para indicar quais médicos estão à disposição facilitando o encontro de profissionais. “É uma ação mais política para evitar erro na comunicação. Assim, se um profissional não quer atender, ele não aparecerá na busca”, explica a diretora de operações da Dandelin, Mara Redigolo.

Para cada consulta marcada a Dandelin vai enviar um e-mail com recomendações sobre como se locomover pela cidade, indicando o uso de álcool em gel, como higienizar as mãos corretamente, cuidados para tossir ou espirrar, evitar aglomerações, usar máscara se for possível. “Queremos ser uma alternativa para não sobrecarregar o SUS”.

Na próxima semana, será lançado o teleatendimento pelo app.

Doctoralia

A plataforma de agendamento de consultas Doctoralia (AndroidiOS) disponibilizou gratuitamente sua tecnologia para telemedicina ao sistema público de saúde. A ideia é que, com a solução, as pessoas possam fazer pré-consultas por meio de videoconferência e, assim, “fazer a triagem de forma virtual de modo a evitar deslocamentos”, explica Cadu Lopes, CEO do Doctoralia. A cidade de Curitiba vai ser a primeira a disponibilizar o serviço a hospitais e postos de saúde.

“Todo o atendimento aos pacientes, desde a triagem até a consulta, poderá ser realizado pela plataforma. Os médicos vão avaliar o estado de saúde e indicar o tratamento. Os casos mais graves, serão encaminhados para os hospitais e Unidades Básicas de Saúde (UBSs)”, esclarece Lopes.

Qualquer gestor de saúde pode participar do projeto. Para isso, basta entrar em contato pelo e-mail coronavirus@docplanner.com, site ou WhatsApp (41) 99898-7190.

Clude

O aplicativo Clude (AndroidiOS), que funciona como um clube de vantagens na área da saúde, disponibilizou uma série de informações relacionadas à doença Covid-19: como lavar as mãos, o que é coronavírus, como se prevenir etc. O app também conta com um serviço de telemedicina para orientação médica e farmacêutica 24 horas por dia, sete dias na semana.

Zenklub

A plataforma voltada para a saúde mental Zenklub (AndroidiOS), após a pandemia do novo coronavírus, passou a oferecer a primeira consulta por R$ 1, além de disponibilizar conteúdo de graça. São mais de 100 profissionais nas áreas de psicologia, psicanálise, coach, mindfulness e terapia integrativa. As consultas duram 30 minutos e para agenda-las é necessário acessar o site responsivo da campanha, fazer ou acessar o cadastro e selecionar data, hora e profissional com o qual deseja fazer o atendimento.

Outros

A Elife, empresa de consultoria especializada em inteligência de mercado, desenvolveu um sistema que conecta pacientes e médicos por meio do WhatsApp. A ideia do Médicos Solidários é que seja um canal de atendimento pelo app de mensageria para que as pessoas tirem dúvidas sobre o coronavírus. No caso, a Elife faz a ponte entre as duas partes, envia a dúvida para o médico e retorna com a resposta ao usuário. Assim, o profissional fica no anonimato.

As respostas já feitas a perguntas frequentes são armazenadas em um banco de dados e estão disponíveis mais rapidamente para quem consultá-las.

Os médicos podem se voluntariar inscrevendo-se no site medico.elife.com.br. Após o cadastro, o profissional é incluído em um grupo fechado de WhatsApp, no qual pode responder questões em seu tempo livre, sem o acesso direto de pacientes.

O canal de atendimento está aberto para envio de dúvidas sobre o coronavírus através do WhatsApp, no número (11) 94578-8834.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--