Esportes

Cristiano Ronaldo faz no fim, e Juventus empata dérbi com o Torino

Marco Bertorello/AFP

Cristiano Ronaldo foi o herói da Juventus no clássico desta sexta-feira (3) diante do Torino. Em partida pela 35ª rodada do Campeonato Italiano, a equipe alvinegra sofreu para empatar com o arquirrival grená, mas conseguiu: 1 a 1, graças a um gol do português já no fim do jogo.
Já campeã, a Juventus chegou aos 89 pontos -19 a mais que o vice-líder Napoli, que recebe o Cagliari no domingo (5). Para o Torino, porém, o resultado foi desastroso: brigando por vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada, o time chegou aos 57 pontos, atualmente na sexta posição.
Atalanta (quarta, com 59), Roma (quinta, com 58), Milan (sétimo, com 56) e Lazio (oitava, com 55) ainda jogam pela rodada. A Lazio recebe a Atalanta no domingo, mesmo dia de Genoa x Roma. Na segunda-feira, o Milan hospeda o Bologna. No dia 12, o Torino recebe o Sassuolo, enquanto a Juve visita a Roma.
Autor do gol do Torino, Sasa Lukic teve uma atuação digna de nota. Na marcação, ajudou a neutralizar a Juventus. E foi justamente graças a um bote no ataque que Lukic conseguiu balançar as redes. No segundo tempo, foi substituído.
Único brasileiro entre os titulares das duas equipes, Bremer fez um bom jogo para o Torino. Revelado na base do Desportivo Brasil (SP), passando também pelos times de formação de São Paulo e Atlético-MG, o zagueiro teve uma atuação segura. Só que falhou justamente no gol da Juventus, quando deu um passo à frente no cruzamento e abriu espaço nas costas para Cristiano Ronaldo.
No segundo tempo, o meia Matheus Pereira (ex-Corinthians e Paraná Clube) entrou em campo na Juventus. Com pouco tempo em campo, porém, não conseguiu mostrar muito.
O JOGO
Em um jogo de início lento e estudado, coube ao Torino criar a primeira boa chance. Aos 15min, Alex Berenguer abriu na direita para Andrea Belotti, que bateu cruzado e parou na boa defesa de Wojciech Szczesny. No entanto, no minuto seguinte, Moise Kean também avançou pela direita e tentou cruzar para Cristiano Ronaldo -a defesa grená cortou.
A partir daí, os dois times cresceram, e o Torino saiu na frente. Aos 18min, em uma cobrança de lateral de João Cancelo na defesa alvinegra, Sasa Lukic roubou a bola de Miralem Pjanic pela esquerda e bateu colocado, na saída de Szczesny.
A resposta veio rápida, mas não foi suficiente. Aos 19min, Cristiano Ronaldo recebeu na direita e, em um lance bastante plástico, cruzou para Blaise Matuidi, que chutou de primeira e só não marcou porque Salvatore Sirigu defendeu bem. Na sobra, Juan Cuadrado recebeu o lançamento na direita, mas não chegou.
Só que o ritmo do jogo voltou a cair a partir daí, graças à defesa do Torino e à apresentação pouco inspirada da Juventus. Aos 36min, após boa troca de passes, Cristiano Ronaldo arriscou o chute rasteiro da intermediária, mas Sirigu defendeu sem sustos.
Os times voltaram do intervalo aparentemente satisfeitos -e, por isso, pouco apresentaram. Aos 12min, Cristiano Ronaldo teve a chance de marcar após cruzamento pela esquerda, mas a arbitragem anotou uma falta de ataque do português. Mais tarde, aos 16min, Leonardo Spinazzola se arriscou na jogada individual pela esquerda e chutou da entrada da área, mandando para fora.
Com o Torino recuado, a Juventus fez pressão em busca do gol. E quando tudo caminhava para a vitória grená, veio o empate: aos 38min, Leonardo Spinazzola cruzou pela esquerda e Cristiano Ronaldo apareceu para cabecear para as redes.
Escalado no 3-5-2, o Torino de Walter Mazzarri encontrou uma Juventus pouco inspirada. Com a missão de se defender e encontrar válvulas de escape rápidas, o time grená teve sucesso e conseguiu fazer um jogo equilibrado. Só que não contava com a cabeçada de Cristiano Ronaldo no fim.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--