Cultura & Entretenimento

Na fuga do sensacionalismo, Datena mescla entretenimento, denúncias e assistencialismo

Ilustrativa Pixabay

Cansado de carregar respingos dos programas sensacionalistas que o consagraram, José Luiz Datena, 60, resolveu apostar, de vez, numa atração multifacetada para sua reestreia na televisão brasileira. 
Na Band, mesma emissora em que apresentava o Brasil Urgente, noticiário que agora cabe a seu filho, Joel Datena, o apresentador se lança, neste domingo (22), no comando do Agora é com Datena.
"O grande barato é o entretenimento", disse o artista durante encontro com jornalistas na última terça (17), em São Paulo, para apresentar a nova atração.
"Eles [programas como Cidade Alerta e Brasil Urgente] caíram na minha carreira como última alternativa. Eu não queria fazer, mas perderia o emprego", disse. De fato, no seu início de profissão, o apresentador, que já passou por outras emissoras como Globo e Record, foi marcado, principalmente, pelo esporte.
Agora, após mais de 15 anos relatando tragédias, Datena comemora a chance que a Band lhe dá de sair do gênero para se aventurar -e se fincar- em novas áreas. 
"Vai falar sobre entretenimento, muito mais sobre entretenimento, mas com informações jornalísticas também", frisa o artista que, na mesma emissora, já tentou emplacar um programa de viagens, o No Coração do Brasil, exibido de 2006 a 2009. 
A estreia do Agora é com Datena, inclusive, terá toques de política com uma entrevista com Jair Bolsonaro (PSL), pré-candidato à Presidência do país. 
Datena também promete que o telespectador poderá contar notícias diárias, reportagens investigativas e de interesse do consumidor. 
O jornalista Agostinho Teixeira, por exemplo, trará uma matéria sobre venda de pessoas na Venezuela. Já Bruna Drews levará histórias de superação e assistencialismo ao programa. 
Mais spoiler: Datena promete contar como o valor da abóbora vai de R$ 0,10, a caixa, para mais de R$ 5,00 por unidade. "Um absurdo", diz. 
MÚSICA, GAME E SHOW DE CALOUROS 
Outras duas marcas que Datena tenta imprimir ao novo programa são atrações musicais e game show.
Do cenário musical, nomes como Zezé di Camargo e Bruno e Marrone já são participações garantidas. 
O programa contará, ainda, com um show de calouros, no qual oito concorrentes disputarão a preferência de plateia e jurados convidados.
Mas uma das principais apostas fica a cargo do game "A Fuga", formato israelense licenciado pela Sony e transmitido em países como Romênia, Peru, Portugal, China e Rússia, entre outros. 
A brincadeira consiste num jogo de perguntas e respostas com agilidade –incluindo física. 
Num cenário de 600 metros quadrados, a disputa é em duplas -vale casais, amigos ou familiares- e o objetivo é tirar da arena a maior quantidade de prêmios num tempo pré-determinado. 
GUERRA DE DOMINGO 
O Agora é com Datena entra na grade da TV aberta na "guerra de domingo" em disputa direta com Faustão (Globo), Silvio Santos (SBT), Eliana (SBT) e Rodrigo Faro (Record), nomes que, há anos, já disputam a preferência de quem está assistindo TV aberta durante a tarde. 
Longevo, o programa de Datena terá seis horas de duração, tempo que não assusta o apresentador. 
"Às vezes não tem notícia e eu fico horas falando da enchente [no Brasil Urgente]. Se tiver conteúdo, eu fico o dia inteiro", disse.
José Simão, colunista desta Folha de S.Paulo, costuma brincar que Datena é o "Galvão Bueno das enchentes", tamanhas as coberturas que o apresentador já fez dos corriqueiros alagamentos da capital paulista.
"Se acontecer algo factual, derrubo tudo e entro ao vivo, independentemente do que estiver no palco. Se acontecer uma enchente, coitado do Rodrigo Faro, da Eliana, do Faustão. Eu entendo mais de enchente que São Pedro", diz, ressaltando ainda que os nominados concorrente são seus amigos. "São todos maravilhosos", diz. 
"Acho que vai ser um programa legal. Quero que as pessoas se informem e fiquem felizes", torce, entusiasmado. "É já proibi qualquer coisa que escorregue para o sensacionalismo", reforça. 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--