Agronews

Desafios e tendências na fase de recria

Copacol

Define-se como recria o período de preparação do animal, que vai da desmama até a engorda, ou a fase reprodutiva. É uma etapa que assim como em qualquer outra, enfrenta desafios, como por exemplo a escolha do animal no momento da compra, que pode estar associada a alta demanda e pouca oferta, ocasionando a aquisição de animais com custo elevado e/ou baixa qualidade genética.

“Os bovinos utilizam de 75% a 90% da alimentação ingerida para sua manutenção, fazendo com que os produtores necessitem um melhor planejamento quanto a dieta destes animais para obter bons resultados de produção”, destaca a médica veterinária, Aline Zitterell.

Na prática, os bovinos jovens apresentam melhor conversão alimentar e por essa razão os produtores precisam explorar melhor essa eficiência biológica natural dos animais neste período de recria.

“Suplementações devidamente orientadas por um profissional podem otimizar o potencial dos animais em diferentes níveis de ganho de peso e conversão alimentar. As suplementações proteica e energética são uma estratégia nutricional quem vem apresentando excelentes resultados e por isso os produtores precisam levá-las em consideração, buscando precocidade, qualidade de cobertura e resultados ainda melhores”, explica Aline.

A médica veterinária ainda orienta sobre o êxito na produção, sendo essencial estabelecer metas de ganho de peso e realizar o acompanhamento sistemático de cada lote, garantindo produtividade e rentabilidade do rebanho.

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--