50UP

Dia Internacional do Idoso: vida longa com saúde e maturidade

O primeiro dia do mês de outubro é dedicado à celebração da pessoa idosa. Estabelecida pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 14 de dezembro de 1990, a data comemorativa foi adotada no Brasil somente no ano de 2006, conforme estabelecido pela Lei 11.433. A data tem como objetivo trazer a reflexão a respeito do envelhecer e todas as suas implicações. Esta fase da vida, por vezes subjugada como apenas o fim da trajetória, pede nosso olhar atento em todas as dimensões que a envolvem, promovendo uma visão biopsicossocial da pessoa idosa.

 

"Apesar de nós termos muitas leis, o Estatuto não é cumprido. Como muitas outras leis em nosso país. O Brasil é um país que envelheceu muito rápido. Mas nós ainda temos essa ideia de que somos um país jovem. Se você for parar pra pensar a nossa pirâmide de envelhecimento ela dobrou em relação à Europa. Sem termos consciência disso e sem estarmos atenados a políticas públicas para esse envelhecimento", aponta a geriatra Roberta França em conversa com Fátima Santos, Anchieta Filho (SP) e Luciana Valle (RJ).

 

O diretor-geral da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Guy Ryder, elogiou, no início do mês, a Declaração dos Ministros do Trabalho e do Emprego do G20, que se comprometeram a promover políticas trabalhistas centradas no ser humano, com foco em mudança demográfica, igualdade de gênero e empoderamento das mulheres. O objetivo é responder a novas formas de trabalho e se adaptar a mudanças demográficas e vidas profissionais mais longas.

“O G20 reconhece claramente a necessidade premente de enfrentar o grande número de desafios apresentados pela rápida evolução do mundo do trabalho. O compromisso com a adoção de políticas centradas no ser humano para a promoção do trabalho decente é fundamental”, afirmou Ryder.

De acordo com dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), existem cerca de 23,5 milhões de brasileiros na terceira idade. Estimativas dão conta que, em 2026, o Brasil será o sexto país do mundo em número de idosos.

 

Assunto latente nos dias de hoje, falar sobre envelhecimento tem sido uma prática pertinente em muitas cidades. Exemplo recente é a plataforma www.50up.com.br/conteudo  que foi lançada em Londrina no mês passado e pretende difundir a geração 50UP com conteúdo experiente de vários setores, desde o público ao privado, para conscientizar e enaltecer o processo de envelhecimento de forma natural, porém, com qualidade de vida, estilo de vida sustentável.

Atualmente existem muitos sites e empresas se dedicando à chamada economia prateada com eventos espalhados pelo país. Vale lembrar que envelhecer com saúde para a longevidade ativa tem sido o grande objetivo dessas pessoas e muitas cidades. Para reforçar a geração, está acontecendo em São Paulo, uma grande exposição e fórum para debater a longevidade. Evento este que começou ontem e termina amanhã na Expo Norte e a equipe do 50UP está acompanhando a feira para trazer em breve mais novidades.

Vida longa com saúde e maturidade!

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--