Dores Injustas

A dor nunca é obra do acaso, nunca é injusta na verdade. Dores tidas como injustas só são consideradas assim porque nos falta a visão das verdadeiras causas. 

Essa visão foi sendo subtraída da humanidade paulatinamente, ao longo de milênios, à medida que ela se afastava cada vez mais do modo correto de vida, preconizado por leis universais (http://on.fb.me/1MkBS4L) e reiteradamente ensinado e exortado por vários Precursores e profetas dos tempos antigos. E assim acabamos nos tornando cegos e míopes espirituais. 

E é justamente essa visão curta que nos impede hoje de reconhecer o alcance e o significado do Amor por detrás dos efeitos recíprocos dolorosos que nos atingem vez por outra, em nossa peregrinação pelas materialidades (http://on.fb.me/1h3zqTy). Dores que, em última instância, servem para nos conservar vivos espiritualmente, independentemente da crença de cada um. “O Senhor corrige o homem com dores no leito, para impedir sua alma de cair na cova, e sua vida de cruzar o canal da morte” (Jó33:19,18). 

Poderíamos fazer uma analogia disso com uma situação bastante comum do dia a dia, quando se vai fazer uso de um automóvel. Ao se abrir a porta, uma borboleta ou qualquer outro inseto voador entra no carro e começa a se debater no vidro da frente. A pessoa que está no carro procura ajudar a borboleta a escapar dali, dando-lhe pequenos golpes com a mão. Para a borboleta, porém, a situação é desesperadora: além de estar presa em algo que não vê, ainda existe alguma coisa tentando golpeá-la por trás! Ela não sabe que aqueles golpes estão, na verdade, auxiliando-a, para que reencontre o caminho da liberdade perdida. 

De maneira semelhante ocorre com o ser humano que por vontade própria ficou preso nas teias invisíveis dos falsos caminhos, mas que, mesmo assim, se mostra merecedor de auxílio, devido aos esforços sinceros em querer seguir os preceitos do seu Criador. Receberá sua ajuda com toda a certeza, pouco importando a forma como isso se dê, se lhe causa ou não alguma dor momentânea. 

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra. Acesse: http://bit.ly/ogt-catálogo). 

Roberto C. P. Junior

(http://bit.ly/rcpjunior)

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


13-razoes-porque-nao

13 Razões Porque Não

o-dia-das-maes-desvelado

O Dia das Mães Desvelado

ode-aos-animais

Ode aos Animais

poesia-armada

Poesia armada!

dores-injustas

Dores Injustas

a-culpa-alheia

A Culpa Alheia

recipro-cidade

(recipro)cidade


MAIS NOTÍCIAS