Economia

Arrecadação tem queda real de 0,66% em janeiro

A arrecadação federal patinou no primeiro mês de governo do presidente Jair Bolsonaro, registrando queda real (já descontada a inflação) de 0,66%, na comparação com o mesmo período do ano passado.
O resultado de janeiro ficou em R$ 160,4 bilhões, informou a Receita Federal nesta terça-feira (19). Esta foi a terceira queda mensal seguida.
De acordo com o fisco, o comportamento das principais variáveis da economia afetaram a arrecadação. A produção industrial teve queda de 5,23% em janeiro, em comparação com o mesmo mês de 2018. A massa salarial, por sua vez, retraiu 1,59%.
A Receita argumenta ainda que um recolhimento elevado de dívidas tributárias regularizadas no início do ano passado distorceu os dados. Essa fonte de recursos colocou R$ 8,2 bilhões nos cofres da União em janeiro de 2018, enquanto o valor recebido em janeiro de 2019 foi de R$ 480 milhões.
Por outro lado, a Receita afirma que houve alta de 7,71% no recolhimento de IRPJ (Imposto de Renda de Pessoa Jurídica) e CSLL (Contribuição Social sobre Lucro Líquido), um reflexo de melhora no resultado das empresas.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--