Educação

Sistema Fiep lança aceleradora com foco em tecnologias educacionais

Imagem Ilustrativa Pixabay

O Sistema Fiep, com o objetivo de promover uma educação mais inovadora, assertiva e empreendedora, lança um hub da Aceleradora Sistema Fiep focado em tecnologias educacionais. “Buscamos investir no empreendedorismo de alto impacto. Portanto, a aceleradora de EdTechs estimulará a inovação dentro do processo de ensino, desenvolvendo pesquisas e produtos disruptivos”, conta Fabrício Lopes, gerente executivo de Tecnologia e Inovação do Sistema Fiep. O lançamento foi feito durante o evento Let’s Go Festival, no dia 3 de setembro.

O objetivo do hub é transformar o processo de aprendizagem por meio de tecnologias digitais escaláveis e revolucionárias, facilitando e ampliando o ciclo de vida educacional para que se torne inovador e promotor do desenvolvimento de protagonistas. O grande diferencial da Aceleradora de EdTechs será o Living School Lab, onde as EdTechs poderão testar as suas soluções com alunos reais.  Inseridas no Sistema Fiep, as startups incubadas terão acesso às áreas de educação do Sesi, Senai e Faculdades da Indústria, além de proximidade com os Institutos Senai de Inovação e Institutos Senai de Tecnologia. Os empreendedores poderão aplicar suas tecnologias e validá-las com estudantes, assim como irão se conectar com mentores, especialistas, investidores, indústrias, universidades, ONGs e centros de pesquisa.

A Aceleradora de EdTechs terá os seguintes focos de negócios: planejamento educacional; processo pedagógico discente e docente; resultados da educação na sociedade; processo analítico na sociedade; gestão educacional; escola inteligente e conectada; e soluções para educação básica, profissional e superior. O edital de seleção de startups está previsto para a segunda quinzena de setembro.

 

Aceleradora Sistema Fiep

A Aceleradora Sistema Fiep, localizada no Campus da Indústria, em Curitiba, existe há oito anos. Nesse período, foram graduadas 15 startups e, atualmente, 20 estão em aceleração. Outras três startups participam do programa na Aceleradora Sistema Fiep em Pato Branco. Recentemente foram inauguradas unidades da Aceleradora em Francisco Beltrão e no bairro CIC, em Curitiba. Até o final deste ano, serão mais 7 aceleradoras no estado.

Para participar do programa de aceleração, as empresas precisam ter um Mínimo Produto Viável (MVP), ou seja, um produto que tenha sua funcionalidade mínima implementada. Também é necessário ter as documentações completas e atualizadas. As startups podem ficar incubadas por até dois anos. Durante esse período, o Sistema Fiep ajuda a estruturar planos de ação e de negócios, desenvolvimento de portfólio de produtos e serviços, além de levantar potenciais investidores e clientes. Mais informações estão disponíveis no endereço www.sistemafiep.com.br/aceleradora

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--