Cotidiano

Empresas sabem que a inovação é essencial, mas desconhecem caminhos para criar novos produtos e soluções

Gelson Bampi/Assessoria

Um a cada três empresários acredita que a indústria brasileira precisará dar um salto de inovação nos próximos cinco anos para garantir a sustentabilidade dos negócios. Os dados são de uma pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), encomendada ao Instituto FSB Pesquisa, feita com CEOs, presidentes e vice-presidentes de 100 indústrias brasileiras. Para auxiliar no desenvolvimento de novos produtos e soluções em inovação, as empresas paranaenses contam com os Institutos Senai de Tecnologia e Inovação. De 2017 a 2019, foram mais de 4 mil empresas atendidas pelos nove Institutos localizados no Paraná. “A previsão para 2020 é levar os serviços de pesquisa e desenvolvimento do Senai a um número ainda maior de empresas, ampliando o acesso a pesquisas, tecnologias e soluções de ponta para o aumento de sua competitividade" informa Rafael Trevisan, gerente de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação do Sistema Fiep. 

Entre os projetos já desenvolvidos estão baterias automotivas melhoradas com nanotecnologia, um processo que transforma dejetos bovinos em matéria-prima para fabricação de papel e uma bebida vegetal à base de produtos regionais como opção às bebidas lácteas. “Os Institutos Senai fazem parte de uma rede nacional e têm como missão apoiar a indústria nos desafios tecnológicos e de produtividade, por meio de soluções customizadas, assim como auxiliar a indústria no atendimento de normas ou legislações relacionadas a seus produtos e processos”, esclarece Trevisan.

Os Institutos Senai estão localizados em regiões estratégicas e contam com equipe técnica altamente especializada e laboratórios equipados com tecnologia de ponta para apoiar as indústrias no avanço ...

Moinho Consolata produtos

... da pesquisa e da inovação. “Além de nos preocuparmos com as demandas da indústria, os Institutos foram definidos de acordo com as oportunidades específicas em cada região”, explica o gerente. 

Segundo Rafael Trevisan, há uma percepção equivocada de que são necessários muitos investimentos para inovar e que faltam fomentos específicos para a inovação. “Atualmente, há diversas oportunidades e incentivos públicos e privados para fomentar a inovação nas empresas brasileiras, independentemente do porte ou setor. Um exemplo é o Edital de Inovação para a Indústria, que disponibiliza subsídios de até 50% do valor do projeto”, observa. 

Para mais informações e para entrar em contato, acesse o site: https://www.senaipr.org.br/tecnologiaeinovacao/blog/ 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--