Agronews

Encontro de ministros é encerrado no Chile com destaque para produção sustentável e cooperativismo

Imprensa MAPA

Terminou nesta quarta-feira (29), em Santiago, a 37ª Reunião do Conselho Agropecuário do Sul (CAS). Durante o encontro, foram firmadas nove Declarações Ministeriais, abordando temas como eixos estratégicos dos países do CAS, mudanças climáticas, peste suína e apicultura. 

A ministra Tereza Cristina (Agricultura, Pecuária e Abastecimento) destacou a importância de debater a produção sustentável dos países do bloco, formado por Brasil, Chile, Argentina, Urugai, Paraguai e Bolívia.

“Os temas aqui propostos são importantes para os cinco países que estiveram nessa reunião e vamos continuar seguindo com uma agenda muito importante. Além das agendas anteriores de sanidade, que são temas caros aos países, temos hoje uma pauta maior, que é a produção sustentável deste bloco da região sul”, disse a ministra brasileira.

No encerramento do evento, o ministro de Agricultura do Chile, Antonio Walker, que assumiu a presidência pro tempore do grupo, também destacou a importância da sustentabilidade no setor. “Queremos seguir abrindo mercado, produzindo alimentos saudáveis com uma agricultura sustentável”. Segundo ele, o foco no próximo ano será o cooperativismo, já que o setor agrícola dos países do CAS tem forte presença de pequenos produtores e da agricultura familiar. “A única forma de transformar o pequeno produtor em grande é trabalhar em equipe e romper o individualismo para que ele tenha volume, economia de escala e possa se incorporar ao mercado internacional”, destacou.

O secretario de Agroindustria da Argentina, Luis Miguel Etchevehere, lembrou o potencial dos países do CAS para conquistar novos mercados “Aqui, mais que em outros lugares, é onde podemos incrementar a produção de alimento. Muitas partes do mundo já estão esgotadas e não podem aumentar a produção, mas o nosso caso é diferente, pois temos superfície, temos água e sobretudo temos o talento dos nossos produtores que têm o desafio de produzir alimentos saudáveis de uma maneira amigável com o meio ambiente”, ressaltou.

No segundo dia de encontro, os ministros apresentaram os principais eixos das políticas de cada país e os eixos temáticos estratégicos da região, com foco na competitividade do setor agropecuário regional, promovendo uma agricultura sustentável, a inserção nas cadeias agroalimentares regionais e o fortalecimento do desenvolvimento rural territorial.

O CAS é um fórum de consulta e coordenação de ações regionais, integrado pelos ministros de agricultura da Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai. Os objetivos são definir prioridades da agenda agropecuária, adotar posições sobre temas de interesse regional e articular a adoção das ações acordadas.

O encontro, realizado no Palácio de La Moneda, também contou com a participação do ministro de Agricultura e Pecuária do Paraguai, Denis Lichi; do ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca do Uruguai, Enzo Benech, e do coordenador Regional do IICA para a Região Sul, Caio Rocha.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--