GERAL

Estado entrega equipamentos para Curitiba e Foz do Iguaçu

AEN

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, cedeu para Curitiba 12 respiradores e 12 monitores destinados a leitos de UTI exclusivos Covid-19. Também estão sendo enviados equipamentos ao Hospital Municipal de Foz do Iguaçu.

Na capital, os equipamentos foram entregues à Secretaria Municipal da Saúde e serão levados ao Hospital Universitário Evangélico Mackenzie para ativação de 12 UTIs nesta sexta-feira (20).

Segundo o secretário estadual da Saúde, Beto Preto, o entendimento é o de unir forças para esse momento delicado da pandemia. “Estamos com os números em crescimento acelerado. Nesse momento, somos todos Paraná, independente da cidade. Se tivermos equipamentos, vamos fornecer para nos equilibramos novamente em relação aos leitos”, disse o secretário.

No total, o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, está fornecendo de forma temporária aproximadamente R$ 800 mil em equipamentos, considerando o valor médio de R$ 50 mil para cada respirador e cerca de R$ 20 mil para cada monitor.

O diretor-geral da secretaria, Nestor Werner Junior, explica que o esforço do Estado faz é voltado para a melhor assistência aos paranaenses. “Esse tipo de atitude, nesse momento que Curitiba mais precisa, reforça o entendimento do Estado de que o tratamento aos pacientes acometidos pela infecção é um dos fundamentos que regem o Sistema Único de Saúde”.

Nesta sexta-feira (20) o Paraná registrou mais 2039 casos e sete óbitos em decorrência da Covid-19. Os leitos hospitalares do SUS na capital estão quase 90% ocupados.

FOZ DO IGUAÇU – A Secretaria também está enviando para o Hospital Municipal de Foz do Iguaçu mais 20 monitores e conseguiu, junto ao Ministério da Saúde, mais 20 respiradores que serão entregues diretamente para a unidade hospitalar ampliar os leitos.

Os números de casos e óbitos de Foz do Iguaçu estão aumentando e relacionados a diversos fatores. “É importante dizer que o Estado se colocou ao lado do município no sentido de prover condições e infraestrutura de atenção hospitalar para atendimento aos pacientes, sejam brasileiros, paraguaios ou turistas”, disse o diretor Nestor Werner Junior.

 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.