Cultura & Entretenimento

Famosos lamentam morte do ator Lucio Mauro

Morto aos 92 anos na noite do sábado (11), no Rio, o comediante Lucio Mauro recebeu homenagens de atores, diretores e comediantes na manhã deste domingo (12).
"Foi um ator que teve uma carreira menor do que o talento dele", disse Miguel Falabella à reportagem por telefone. Ele dirigiu Lucio Mauro em "Polaróides Urbanas", longa de 2008 no qual o humorista interpretava um porteiro. "Era um gentleman, uma pessoa fantástica. Sem dúvidas, vai deixar um buraco na comédia e no teatro."
Lucio Mauro integrou uma geração de grandes nomes do humor na televisão. Em seu primeiro trabalho na Globo, "TV0–TV1", de 1966, contracenou com Jô Soares. No final da década de 1970, esteve em cena de Chico Anysio, em "Chico City".
Ele também participou de alguns dos principais programas de humor do canal, como "Zorra Total", "A Grande Família", e "Balança Mais Não Cai" –o último, programa que ele ajudou a criar e a dirigir em 1968. Nele, interpretou um de seus personagens mais populares, Fernandinho, ao lado da atriz Sonia Mamede, que fazia Ofélia.
Nas redes sociais, comediantes e atores falaram com carinho do ator. Bruno Mazzeo publicou em sua conta no Instagram uma foto com Lucio Mauro e Lucio Mauro Filho caracterizado como o professor da Escolinha do Professor Raimundo. "Todo meu amor e carinho por essa família que amo desde que me entendo por gente. Viva Lucio Mauro!!!!". Apresentadora do talkshow Lady Night, Tatá Werneck comentou no Instagram: "Grande artista e sei o quanto ele lutou".
Paulo Betti, que contracenou com ele "A Mulher Invisível", em 2009 –ele ainda faria "Muita Calma nessa Hora", no ano seguinte, e "Vai que Dá Certo", em ...

Laboratório Genesis de Cafelândia Paraná

... 2013– afirma que um dos grandes diferenciais do comediante era o timing para a piada. "Perdemos um pouco da nossa alegria, que já está tão escassa".
Ainda no final dos anos 2000, Lucio Mauro rodou o país com a peça "Lucio 80-30", na qual dividia o palco com os filhos Lucio Mauro Filho, Alexandre Barbalho e Luly Barbalho. Desde 2016, no entanto, ele estava em estado debilitado devido a um AVC, e estava internado no hospital São Vicente, na zona Sul do Rio, há quatro meses.
Segundo o filho do humorista, o também ator Lúcio Mauro Filho, o velório de Lucio Mauro será aberto ao público e acontecerá nesta segunda (13), no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, de 9h às 14h.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--