Economia

Gasolina pode subir 10% após ataques na Arábia Saudita

Divulgação

Após ataques em instalações de produção de petróleo na arábia saudita, o preço da gasolina aqui no Brasil pode subir até 10 por cento.

O cálculo é do centro brasileiro de infraestrutura. Com a alta mundial do barril do petróleo registrado após o ataque, o reflexo por aqui será inevitável.

 A cotação do barril começou esta semana com uma alta de 20 por cento, a maior já registrada desde a guerra do golfo em 1991.

O barril passou a custar em média 70 dólares.

Além da alta do petróleo, o combustível do brasil, em especial a gasolina é influenciado pelas taxas cambiais. Procurada, a Petrobras informou que não deve comentar o assunto por enquanto.

O ataque realizado em terras sauditas interrompeu a produção de 5,7 milhões de barris por dia, o que representa cinco por cento da produção de petróleo mundial.

Ouça os detalhes no áudio a seguir:

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--