Cotidiano

Governo de Cafelândia espera a liberação do CRMV para iniciar os trabalhos de castrações de animais domésticos

Cumprindo com o compromisso que foi lançado em 2017, o Governo Municipal de Cafelândia com o prefeito licenciado, Dr. Franus e o prefeito em exercício, Lorenço Pierdoná, foi realizado um investimento de R$ 80 mil reais no antigo canil municipal.

O CRMV – Conselho Regional de Medicina Veterinária juntamente com o Ministério Público, solicitou reformas na obra física do canil para o município poder atender as necessidades dos animais de forma correta. Foi solicitado a construção de um laboratório, adequações no espaço físico, compra de medicamentos e equipamentos necessários para realizar cirurgias nos animais, entre eles, as castrações que servem como o controle populacional dos pets.

O prefeito em exercício, Lorenço Pierdoná, recebeu a equipe da AMA – Associação Amigo dos Melhores Amigos em seu gabinete. “Nos reunimos com a presidente Fabiana Meurer e demais membros dessa associação. Com muito trabalho, conseguimos atender todas as solicitações do conselho de medicina veterinária e agora só estamos esperando a liberação para iniciarmos um projeto social que será lançado muito em breve”, fala Lorenço.

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente já solicitou a visita do CRMV para eles fazerem a liberação do espaço. O antigo canil, agora denominado como Setor de Defesa Animal, só poderá iniciar os atendimentos quando o espaço for liberado.

O prefeito licenciado, Dr. Franus, destacou a importância da liberação. “Desde o início estamos buscando formas de começar com estas castrações. É um pedido importante da AMA que fizemos de tudo para conseguirmos atender este pessoal que faz um belo trabalho no município. Agora, estamos torcendo para conseguir a liberação e dar início a este grande projeto”, comemorou Dr. Franus.

PROJETO SOCIAL

O Governo Municipal juntamente com a AMA, secretarias de agricultura e ação social e os veterinários da prefeitura, Ângela Sovisnki e Dennis Stephen Costa desenvolveram um projeto social que consiste em liberar castrações de animais domésticos sem custo para famílias que não tem condições de pagar.

De acordo com a veterinária, Ângela Sovisnki, o projeto também foi enviado ao CRMV. “O projeto está pronto e foi encaminhado para a avaliação do CRMV, o qual, estamos aguardando o retorno para ver se eles aprovam a ideia. Assim, conseguimos iniciar com as castrações e teremos um controle populacional destes animais”, fala Ângela.

Investido no centro cirúrgico – na obra física foi construído o laboratório e foi investido CRMV foi atendido todas as solicitações, adequações, compra de medicamento e equipamento necessários para fazer a cirurgia, entre eles as castrações o controle populacional de animais.

Todos os pedidos feitos pelo CRMV através do Ministério Público foram cumpridos

Hoje o espaço está adequado para fazer todos os procedimentos

Em conjunto com a AMA o município através da Secretaria de agricultura e seus veterinários desenvolveram um projeto social para que o município possa fazer as castrações dos animais domésticos sem custos para as famílias que não tem condição de pagar.

Esse projeto já está pronto e foi encaminhado para a avaliação do CRMV o qual estamos aguardando o retorno para ver se eles aprovam a ideia e para a gente pode começar a operação e precisamos da visita deles o qual já solicitamos para que eles possam liberar.

Falta a liberação da estrutura física e também eles darem a anuência desse projeto social

 

Parceria Governo Municipal, Agricultura, Ação Social e AMA.

Valor de investimento: Mais de 70 mil reais. Aproximadamente 80 mil reais de investimento

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--