Saúde

Governo do Brasil lança estratégias para evitar obesidade infantil

Se alimentar de forma saudável é um desafio constante na rotina de todas as famílias, principalmente, quando falamos sobre a alimentação das crianças. Esse é o momento quando a prática não é tão fácil de reproduzir quanto a gente sabe na teoria. Para se ter uma ideia da importância desse assunto, basta conferir dados do Ministério da Saúde revelando que 5% das crianças menores de 5 anos e 29% das crianças de 5 a 9 anos estão com excesso de peso. Então, para ajudar os pais e responsáveis a melhorar a forma como suas crianças são alimentadas, o Governo do Brasil está lançando duas estratégias inovadoras. É o que afirma a coordenadora de Alimentação e Nutrição do Ministério da Saúde, Gisele Bortolini. 

“Durante o Encontro Nacional de Aleitamento Materno e o Encontro Nacional de Alimentação Complementar vamos aproveitar esse momento, que vai debater as políticas públicas de amamentação é alimentação complementar, para fazer dois grandes lançamentos: um deles é uma campanha de prevenção e controle da obesidade infantil do Ministério da Saúde e outro é o Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos, que é uma estratégia que tem recomendação de alimentação saudável que, se colocadas em prática, contribuem para a prevenção da obesidade infantil”.

Pela primeira vez, o Ministério da Saúde produziu uma campanha nacional de prevenção e controle da obesidade infantil, para alertar e orientar as famílias sobre a importância de hábitos saudáveis para que as crianças se tornem adolescentes e adultos com saúde. Além disso, a Saúde também está lançando o Guia Alimentar para Crianças Brasileiras Menores de Dois Anos. A publicação contém estratégias e dicas de alimentação saudável, nutrição, e formas corretas de alimentação para os pequenos. Ele pode ser encontrado no site saude.gov.br.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--