Esportes

Hernanes dá camisa do SPFC da final para menino portador de doença rara

Reprodução

Hernanes mostrou ser craque também fora das quatro linhas. Atento aos fãs, o jogador surpreendeu um garoto de 10 anos nesta semana. O Profeta fez questão aproveitar o raro tempo livre durante a preparação para a decisão do Campeonato Paulista para ir até um hospital na capital paulista presentear um torcedor. O meia deu a camisa do São Paulo utilizada no primeiro duelo do mata-mata da final contra o Corinthians para Cassiano de Almeida Soares Oliveira.

Fanático pelo Tricolor, o menino é portador de uma doença genética rara, a epidermólise bolhosa. Cassiano tem bolhas que surgem por todo o corpo e estouram quando tocadas, tornando-se feridas. Morador de Cruzeiro, no interior do estado, o garoto está internado em um hospital pois teve uma crise que se tornou uma infecção.

Amigos da família se uniram para gravar um vídeo com mensagem de incentivo. Por intermédio de conhecidos, o jogador do São Paulo soube do caso e preferiu surpreender. Visitou o menino e deu a camisa autografada, que será enquadrada pela família. "O Hernanes disse que não mandaria o vídeo, pois queria conhecê-lo pessoalmente e iria gravar o vídeo junto com o Cassiano. Ele é muito carinhoso e atencioso. Uma bênção de Deus em nossas vidas", contou Priscila, a mãe do menino que recebeu vídeos com mensagens de apoio de Nenê e Bruno Alves.

Durante a visita, o Profeta também ficou sensibilizado com a história do garoto, que vai acompanhar a decisão do campeonato, amanhã, em uma televisão no hospital. "Cassiano tem 10 anos, e desde que nasceu ele não sabe o que é não ter dor. Oito médicos decretaram que ele não viveria por muito tempo, mas hoje ele tem 10 anos, está vivo, feliz e é são-paulino", disse o jogador.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--