INFORME PUBLICITÁRIO

Demanda por sistema de energia solar cresce no Oeste paranaense

Economia a longo prazo, sustentabilidade e valorização imobiliária são alguns dos motivos que fizeram aumentar a demanda por energia renovável ao longo dos últimos anos. E, em momentos como este, de isolamento, o aumento do consumo de energia é inevitável, porém o uso de energia solar tem feito as contas de luz diminuírem consideravelmente.

Segundo o Portal Solar, energia solar é “uma energia alternativa, renovável e sustentável que utiliza como fonte a luz e o calor do Sol, que são aproveitados e utilizados por diferentes tecnologias, como pelo aquecimento solar, a energia solar fotovoltaica e a energia heliotérmica. O conceito de Energia Solar é associado a energia fotovoltaica, que é a geração de energia elétrica usando a luz do sol como fonte primária de energia. Após a luz do sol ser captada por painéis solares, ocorre a transformação da corrente elétrica para utilização em residências, comércios e indústrias.”

Informações da ANEEL tornam a proposta ainda mais viável devido ao sistema de payback, ou seja, fornecer o excedente para a rede de distribuição da localidade de instalação da energia solar. Caso a energia injetada na rede seja superior à consumida, cria-se um “crédito de energia” que não pode ser revertido em dinheiro, mas pode ser utilizado para abater o consumo da unidade consumidora nos meses subsequentes ou em outras unidades de mesma titularidade (desde que todas as unidades estejam na mesma área de concessão), com validade de 05 anos.

De acordo com a ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Fotovoltaica), a fonte solar apresentou avanço no período, saltando 41%, com 680 MW (Megawatts) médios. Os dados compõem o boletim InfoMercado Quinzenal, divulgado pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE.

Em relação ao crescimento deste setor no Brasil, a ABSOLAR realizou levantamento que demonstrou que o Brasil já ultrapassou a marca de 5 gigawatts (GW) de potência operacional da fonte solar fotovoltaica em usinas de grande porte e pequenos e médios sistemas instalados em telhados, fachadas e terrenos. Os investimentos privados nesta modalidade no país também somaram R$ 26,8 bilhões.

 

Emprego

Outro fator relevante tem sido a geração de empregos. No total, a fonte gerou cerca de 130 mil empregos acumulados, com aproximadamente 15 mil empresas atuando no mercado.

Segundo dados da Agência Internacional de Energia Renovável (Irena), a energia solar é a fonte renovável que mais gera empregos no planeta, sendo responsável por mais de um terço dos mais de 11 milhões de empregos renováveis do mundo. A cada novo megawatt (MW) instalado, a solar traz 25 a 30 novos empregos, a maioria deles localizados nas regiões em que os sistemas solares são instalados.

Além disso, a Agência Internacional de Energias Renováveis afirma que o setor de energia renovável poderia criar mais de um milhão de empregos por ano se os países investirem o suficiente para cumprir as metas globais de redução de emissões de poluentes.

 

Oeste paranaense

Segundo levantamento feito pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), em 2019 foram 2.506 pedidos de instalação, e de janeiro até maio deste ano já são 1.370 solicitações em todo o Estado. Em 2019 o aumento na procura foi de 481% no Estado, comparado com o ano anterior, já no primeiro quadrimestre de 2020 esse índice chegou a 55%.

Já a região Oeste do Paraná é destaque no Estado na procura por esse tipo de energia limpa. Em 2018 a região Oeste foi responsável por 56% das instalações do Estado, em 2019 representou 31% e em 2020 está com 28% das instalações, de janeiro até este mês de maio.

Com mais de 250 projetos instalados, a empresa BIONOVA, de Nova Aurora, é destaque no setor. Com outras duas filiais no estado, a constante inovação e tecnologia tem sido aliada na busca por sustentabilidade em energia.

Além dos benefícios já citados, a Bionova afirma que a longa vida útil, o comprometimento com a sustentabilidade, a autonomia em relação aos reajustes tarifários e a baixa manutenção tem atraído cada vez mais pessoas na procura por energia fotovoltaica.

Para o fundador da BIONOVA, José Geraldo Berta, o pagamento facilitado tem contribuído ainda mais na hora de investir em energia solar. “Fazendo um financiamento, ao concluir o pagamento você terá energia gratuita por 35, 40 anos, pois o próprio sistema tem 25 anos de garantia. É um ótimo investimento: acessível, barato e que se paga com a própria energia que você economiza”, finaliza.

O avicultor José Paulino de Nova Aurora, instalou painéis de energia solar e sua propriedade rural e em sua casa. Para ele, os dois fatores mais relevantes nesta busca foram a economia e a sustentabilidade. E nesta procura por empresas que atendessem as suas necessidades, a parceria com a BIONOVA surgiu. “ Quando decidi avaliar o projeto de energia solar, eu procurei algumas empresas para obter mais informações e cheguei até a BIONOVA, que é daqui da nossa cidade e fui atendido muito bem. Eles fizeram a instalação na minha propriedade sem nenhum transtorno, mais rápido que o prometido. Foi uma experiência positiva. Então eu recomendo para que tem interesse”, finaliza

VEJA ABAIXO O VÍDEO DA EMPRESA BIONOVA DE NOVA AURORA.

Kelly Rocha, com informações da ABSOLAR, BIONOVA e CREA-PR.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--

ÚLTIMAS NOTÍCIAS