Agronews

Manejos de inverno para a piscicultura

Entre os desafios que a atividade piscícola oferece, o período do inverno é um dos mais desafiadores para os produtores que atuam nesta atividade. 

E preocupada em orientar os piscicultores a esta questão, a Copacol por meio de sua equipe técnica, indica aos produtores os manejos que devem ser realizados em dias de baixas temperaturas. 

Este foi o assunto da entrevista no programa de rádio da Cooperativa, Estação Copacol desta terça-feira dia 16. O médico veterinário Nilson Zgoda, durante entrevista, falou da importância de se colocar em prática os manejos recomendados pela Cooperativa através da equipe técnica. 

“Qualidade da água, manejo de aeradores, alimentação e desinfecção de viveiros. Esses são os manejos essenciais para este período do ano. Quanto a alimentação, no dia seguinte ao trato dos peixes, é necessária verificar se ainda há alimentos no estômago dos mesmos, pois com as baixas temperaturas o metabolismo do peixe fica mais lento, o que pode resultar em mortalidade”, explica o veterinário. 

Segundo Nilson, assim que as temperaturas começarem se elevar podem aparecer amônia e nitrito e o produtor deve ficar atento a essa questão que influencia na qualidade da água. 

Outra informação repassada por ele, é com relação aos níveis de oxigênio, que com a elevação das temperaturas poderão diminuir, e será necessário aumentar a aeração nos viveiros, entre outros manejos que devem ser praticados nesta época do ano em que registra quedas nas temperaturas. 

“Qualquer dúvida, o produtor deve entrar em contato com a equipe técnica que irá lhe repassar as devidas informações de como proceder”, destaca Nilson. 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--