Economia

Mercado árabe é foco da carne bovina brasileira

“No ano passado, as exportações brasileiras para os países árabes somaram 511 mil toneladas"

Pixabay

O mercado árabe é foco de ação de promoção da carne bovina brasileira, já que a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) se prepara para participar novamente da Gulfood, uma das principais feiras de alimentos e bebidas do mundo, que ocorre em Dubai. A ação é realizada em conjunto com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), parceira da Abiec no projeto Brazilian Beef. 

“No ano passado, as exportações brasileiras para os países árabes somaram 511 mil toneladas, um incremento de 5,7% em relação a 2018. Já em faturamento, as vendas alcançaram US$ 1,7 bilhão”, informou o portal especializado da CarneTec Brasil. 

Nesse cenário, os resultados representaram 22,5% do faturamento e 27,7% do volume total das exportações brasileiras de carne bovina. “A expectativa é de que o evento seja uma ótima oportunidade para estreitar relação com um mercado importante, com potencial de crescer ainda mais”, disse em nota o presidente da Abiec, Antônio Jorge Camardelli. 

“Durante a Gulfood, a associação irá promover o tradicional churrasco brasileiro aos visitantes do mundo inteiro. O evento receberá na semana que vem cerca de 100 mil visitantes de 185 países, além de 5 mil expositores de 120 países”, completou o portal, dizendo que o evento contará com a presença de 17 empresas associadas: Agra, Agroindustrial Iguatemi, Astra, Cooperfrigu, Frigol, Frigon, Frigosul, Frigotil, JBS, Marfrig, Masterboi, Mataboi, Mercurio Alimentos, Minerva, Plena Alimentos, Supremo e Zanchetta. 

Todas as informações foram divulgadas, anteriormente, pela Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), por meio de uma nota. 

RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.