Cultura & Entretenimento

Morre a escritora Zulmira Ribeiro Tavares, aos 88, em São Paulo

Divulgação

A escritora paulistana Zulmira Ribeiro Tavares morreu ao 88 anos, na noite desta quinta-feira (9), em São Paulo. Ela estava internada desde terça (7), no Hospital Oswaldo Cruz, debilitada por uma infecção urinária e uma pneumonia.
Sem publicar desde 2012, quando saiu a reunião de contos "Vesúvio" (Companhia das Letras), Contista, romancista e poeta, Tavares uma das grandes escritoras brasileiras, embora fosse pouco conhecida do grande público. 
Ela estreou na literatura com 1955, com o livro de poemas "Campos de Dezembro". Em 1974, lança "Tempos de Comparação", uma mistura de poesia, ensaísmo e ficção, com o qual ganha o prêmio de revelação daquele ano concedido pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.  Ganhou o prêmio Jabuti de romance, em 1990, com "Joias de Família".
Tavares deixa dois filhos, Rui e Pedro Tavares, e duas netas, além da irmã Maria Lúcia de Oliveira Lima.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--