Carro & Cia

Novo Chevrolet Onix chega às lojas no fim do ano com motor turbo

O primeiro modelo da nova família Onix será um sedã compacto. A confirmação foi feita nesta quarta-feira (11) pela Chevrolet, em uma apresentação no seu campo de provas, em Indaiatuba (interior de São Paulo).
Um dos 150 protótipos que circulam 24 horas por dia pela pista de provas foi exibido a jornalistas. O modelo tem motor 1.0 turbo flex de três cilindros, outro novidade da marca.
Seu lançamento está previsto para o último trimestre de 2019, mas ainda não se sabe como o carro será chamado. Esperava-se que o nome Prisma fosse mantido, mas Onix Sedan surge como escolha provável. A versão hatch virá em seguida.
A explicação está na estratégia global da marca: a plataforma GEM (sigla em inglês para mercados emergentes globais) dará origem a uma nova família de produtos cujos principais modelos serão batizados como Onix.
O carro exibido no campo de provas da montadora ainda estava com o motor quente. Fabíola Rogano, vice-presidente de engenharia da General Motors International, diz que o protótipo permaneceu na pista até pouco antes de ser preparado para o evento.
A executiva afirma que os veículos já passaram por 800 mil quilômetros de testes de durabilidade. As avaliações continuarão até que as primeiras unidades definitivas sejam montadas em Gravataí (RS).
A carroceria está coberta por adesivos e há calosidades que disfarçam as formas definitivas do carro. Mas é possível ver o quanto o sedã cresceu em relação ao Prisma atual, se aproximando das dimensões do Volkswagen Virtus.
Para ter uma boa ideia de como será o modelo definitivo, basta ver a foto do Onix sedã apresentado na China. Haverá diferenças em alguns detalhes da cabine e também nas partes frontal e traseira, mas a carroceria será basicamente a mesma.
Até 2023, 20% de todos os carros da General Motors (empresa que é dona da marca Chevrolet) vendidos no mundo serão derivados da nova plataforma GEM. Além das versões hatch e sedã do Onix, a nova geração do utilitário Tracker será montado sobre essa base, em São Caetano do Sul (Grande São Paulo).
Com os novos carros e os benefícios fiscais que fazem parte do programa IncentivAuto, a montadora pretende recuperar os investimentos na produção nacional. A marca afirma ter acumulado prejuízos seguidos no país, embora se mantenha na liderança do mercado.
O hatch Onix é o carro mais vendido no Brasil há 44 meses consecutivos. No site de ofertas da Chevrolet, o modelo está anunciado por R$ 43.990 na versão Joy.
Um dos desafios da nova família de produtos é aumentar a rentabilidade sem perder a liderança de mercado. É uma equação difícil: manter-se na ponta no país significa preservar preços competitivos no segmento de veículos compactos.
Hoje, o modelo mais caro da linha Onix é o sedã Prisma 1.4 LTZ com câmbio automático, que está sendo anunciado por R$ 65.390 no site de ofertas da Chevrolet.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--