Transportes

Ônibus é incendiado em Natal (RN), e empresas decidem recolher frota

Ilustrativa Pixabay

A frota de ônibus que atende a cidade de Natal deixou de circular na tarde deste sábado (2) após um coletivo ter sido incendiado por bandidos no bairro Nordeste, zona oeste da cidade. Ninguém ficou ferido ou preso em decorrência do ataque. 
Segundo a Secretaria de Segurança Pública, cerca de seis homens pararam o ônibus, por volta das 14h30, e pediram que os passageiros descessem, antes de atearem fogo ao veículo. A motivação do crime ainda está sendo apurada, de acordo com a pasta. 
Por medo de novos ataques, a Secretaria de Mobilidade Urbana informou que a frota foi recolhida às garagens logo em seguida. Para minimizar o impacto à população, táxis, vans escolares e fretamentos turísticos foram autorizados a fazer lotação até que as operações sejam normalizadas, o que deve ocorrer na manhã de domingo (3). 
No início da noite deste sábado, as forças de segurança se reuniram para avaliar a situação. A pasta informou que um soldado da PM também foi assassinado na manhã deste sábado, em Parnamirim, na região metropolitana, e que avalia se os dois crimes estão relacionados.
Kelves de Brito foi abordado por dois homens em um estabelecimento comercial da cidade, mas não há indício de tentativa de assalto, afirmou a assessoria de imprensa da secretaria. O PM estava desde 2010 na corporação. 
A frota de ônibus de Natal estava circulando com 70% dos coletivos neste sábado, ainda em decorrência da paralisação dos caminhoneiros, que provocou desabastecimento de coletivo em várias regiões do país. O sistema deve voltar a operar em 100% apenas na segunda (4). 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--