Os Perigos da Hipnose

Em fins de 1993, uma jovem britânica morreu algumas horas depois de participar de um show de hipnose. Em 2011, três estudantes do ensino médio na Flórida morreram (dois deles por suicídio) após terem se submetido a uma sessão de hipnose. No final do século XIX, na Hungria, uma jovem de 22 anos morreu subitamente durante uma sessão de hipnose, enquanto relatava a difícil situação de saúde em que se encontrava o irmão do hipnotizador, internado numa clínica na Sérvia.

Esses poucos casos coletados testemunham, de modo visível, o perigo da prática da hipnose, que faz com que o hipnotizado fique sem defesa contra perigos e influências nefastas provenientes do mundo invisível que nos cerca. Mas também há relatos de pessoas que se tornaram mental e emocionalmente instáveis após se submeterem à hipnose, inclusive com diagnóstico de esquizofrenia.

Contudo, os danos espirituais sofridos por quem se submete a uma sessão de hipnose eficiente são muito mais drásticos e incisivos do que qualquer tragédia visível. A vontade espiritual do hipnotizado fica fortemente atada à do hipnotizador, mesmo após o término do transe, de modo que o hipnotizado fica retido em seus caminhos de desenvolvimento e evolução espirituais. Quanto ao hipnotizador, angaria uma pesada culpa com suas sessões, de difícil remissão.

Assim como não há nenhuma justificativa para a prática do misticismo e do ocultismo (bit.ly/2WNCqYV), visto que as leis da Criação são absolutamente simples e de fácil compreensão a qualquer um, também não existe nenhum fundamento para o uso da hipnose, mesmo quando a intenção é boa e os resultados exteriores são aparentemente benéficos ou inócuos.

A ignorância sobre os reais efeitos da hipnose não constitui uma circunstância atenuante para quem toma parte dessa prática, mas sim agravante, pois testemunha uma displicência imperdoável num assunto tão sério. Uma negligência que pode lhe custar muito caro, pois diz respeito ao tolhimento da principal prerrogativa de que dispõe o espírito para sua evolução: o livre-arbítrio.

(Conheça as obras publicadas pela Ordem do Graal na Terra. Acesse: bit.ly/livros-OGT.)

Roberto C. P. Junior

(http://bit.ly/rcpjunior)

______________________________

Confira os posts da página O Dia Sem Amanhã já convertidos em áudio acessando as plataformas a seguir:

 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



MAIS NOTÍCIAS