Comportamento

Paranaense ganha mais de R$ 3 mil hospedando cães em casa no fim do ano

Anfitriã da DogHero afirma que a demanda aumenta no início da temporada de férias.

Desde muito nova, a paranaense Patrícia Pedroso, 48 anos, entendeu que cuidar do outro era sua grande vocação. Por conta disso, ela decidiu se tornar enfermeira, profissão na qual atuou por alguns anos. Após um tempo em casa cuidados do filhos, ela decidiu voltar para o mercado de trabalho, mas acabou direcionando a sua paixão por cuidar para um outro público: os cachorros. Pesquisando sobre o potencial do mercado de hospedagens para cães, ela encontrou a DogHero, maior empresa de serviços para cães da América Latina que, através do site e app, conecta quem tem cachorro a uma comunidade de passeadores e anfitriões escolhida a dedo, e decidiu se tornar anfitriã. “Preferi deixar a enfermagem e hospedar cães em casa e não me arrependo da decisão”, afirma.

Por ter se cadastrado no período de alta temporada (que começa em novembro e termina em fevereiro), Patricia não demorou a conseguir hóspedes. No final do ano, a paranaense consegue faturar R$ 3,2 mil por mês; já nos demais meses, a média mensal é de R$ 1,8 mil. No momento, ela está se organizando para receber os hóspedes da melhor forma ao longo do mês de dezembro. Anfitriã há mais de três anos, ela tem cerca de 60 clientes recorrentes que deixam os filhotes de quatro patas sob seus cuidados. Ao enumerar os benefícios de trabalhar com a plataforma, Patrícia pontua a comodidade de trabalhar em casa, a oportunidade de fazer renda e o prazer que é lidar com os animais.

COMO SER UM ANFITRIÃO DOGHERO?

Qualquer pessoa que ame cachorros e que tenha mais de 18 anos pode se candidatar a anfitrião da DogHero. No entanto, é necessário cumprir requisitos de segurança da residência e realizar testes de conhecimento sobre cães. Durante o processo, apenas 20% dos candidatos são aprovados. Após o ingresso na plataforma, o anfitrião ainda pode aprimorar seus conhecimentos sobre cães com cursos disponibilizados pelo próprio app (Escola de Heróis). A cada módulo completo, o anfitrião conquista medalhas que ficam disponibilizadas em seu perfil, ajudando clientes a identificarem anfitriões que fizeram o curso. Além disso, as avaliações dos clientes são monitoradas, garantindo anfitriões que ofereçam uma experiência excelente. Isso mitiga riscos e viabiliza com que, hoje, 98% dos clientes recomendem a DogHero para um amigo ou familiar.

Os interessados em se tornar anfitriões DogHero podem se inscrever diretamente pelo site da plataforma: http://hospedagem.doghero.com.br/ser-anfitriao/. Atualmente, mais de 1.300 pessoas no Paraná ganham dinheiro hospedando cachorros em casa como anfitriões da DogHero. Ao todo, são mais de 45 mil cães cadastrados no app no estado.

Sobre a DogHero
A DogHero é a maior empresa de serviços para cães da América Latina. Pelo seu app e site, conecta pais de cachorro a passeadores e anfitriões que hospedam cães em casa. Atualmente, a comunidade de cuidadores conta com mais de 20 mil anfitriões em 750 cidades no Brasil, Argentina e México que passam por um extenso e rigoroso cadastro e recebem orientação adequada. A DogHero foi fundada em 2014 por Eduardo Baer e por Fernando Gadotti.



 

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--