Pó-esia

Me entorpeci de poesia.
Sorri diante da euforia.
Embriaguei me de amor próprio. 
Um farrapo de luz é o suficiente para (se) enxergar diante da imensidão.
Diante da imensidão que é seu ser.
Que paira minuciosamente adentrando-os.
Acharás mesmo que poesia não é luz?
Poesia é Ser luz!
É ser flor desabrochando na primavera. 
É ter lugar nessa atmosfera. 
É ser sorriso de criança.
É ser verso.
É ser inverso. 
É ser você!

-uma noite ai embriagando-se em poesia.

-Alice Carine.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--

ÚLTIMAS NOTÍCIAS


13-razoes-porque-nao

13 Razões Porque Não

o-dia-das-maes-desvelado

O Dia das Mães Desvelado

ode-aos-animais

Ode aos Animais

poesia-armada

Poesia armada!

dores-injustas

Dores Injustas

a-culpa-alheia

A Culpa Alheia

recipro-cidade

(recipro)cidade


MAIS NOTÍCIAS