Agronews

Preços da soja oscilam no Paraná

Divulgação

No Rio Grande do Sul, o dólar caiu 1,25% mas os preços se acomodaram em um nível mais baixo do que já estiveram, afirmou a T&F Consultoria Agroeconômica. “Os preços parecem ter atingido um patamar de acomodação no estado, em um nível mais baixo do que já estiveram, mesmo com a falta de produto, causada pela seca que quebrou a safra gaúcha de soja em quase 40%”, comenta. 

“No interior os preços também recuaram R$ 1,00/saca para R$ 139,00 no entroncamento ferroviário de Cruz Alta. Em Ijuí permaneceu a R$140,00 e em Passo Fundo a R$ 141,00 para final de setembro.  Para maio de 2021 os preços também recuaram R$ 1,50/saca para R$ 119,50/saca, no porto”, completa. 

No Paraná, os preços oscilaram conforme o momento e a localidade. “No mercado de balcão o preço oferecido ao agricultor na região de Ponta Grossa permaneceu a R$ 115,00. Na tabela nº 1 acima pode-se ver os preços para os produtores em outras praças. No mercado de lotes, para entrega em setembro o preço permaneceu inalterado a R$ 131,00/saca, em Ponta Grossa,  pagamento final de outubro. No interior dos Campos Gerais recuou um real/saca para R$ 131,00, retirada setembro, pagamento em outubro”, informa. 

“Na Ferrovia, em Maringá, entrega abril com pagamento em 30/04/21 R$ 113,00. Em Paranaguá a cotação do mercado disponível permaneceu inalterado em R$ 133,00, entrega setembro pagamento final de outubro. Para safra nova entrega abril com pagamento 30/04/21 R$ 118,20;  entrega  Maio  com pagamento 30/05/21 R$ 118,70;  entrega junho com pagamento 30/06/21 R$ 120,00; entrega Julho com pagamento 30/07/21 R$ 121,00”, conclui. 

Siga o Jornal Integração nas redes sociais e fique bem informado:
RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.