Agronews

Produtores devem aguardar a chuva para fazer a semeadura da soja

Com o término do período de Vazio Sanitário no estado do Paraná, no último dia 10, iniciou-se o período da semeadura da soja, que vai até o dia 31 de dezembro, porém diante das condições climáticas, falta de umidade no solo, o Departamento Agronômico da Copacol, orienta os produtores para aguardarem a chegada da chuva para iniciar o plantio da oleaginosa.
O engenheiro agrônomo, Alexandre Cabrera Almendros, diz que existe uma preocupação dos produtores com relação ao início da semeadura.
“O período ainda é bom, ou seja, ideal ao plantio e não há necessidade de precipitação. Diante disso devemos aguardar a volta da umidade no solo, para que se possa fazer uma semeadura assertiva, com boa germinação e garanta o estand ideal para cada cultivar, respeitando as condições de semeadura, com profundidade de três a cinco centímetros, o zoneamento das cultivares com as populações ideais para cada uma delas, numa velocidade que varie entre cinco e oito KMs por hora”, recomenda Alexandre.
Ele lembra que não há necessidade de o produtor fazer a semeadura neste momento com o clima desfavorável, uma semeadura que coloque em risco toda a sua safra de soja. Aguarde a volta da chuva e faça uma semeadura consciente”, alerta, Alexandre

DESSECAÇÃO:
Já com relação as dessecações das plantas daninhas, ele disse que essas na região da Cooperativa estão bastante avançadas, porém algumas áreas precisam fazer a aplicação sequencial, para que se possa ter uma cobertura total do controle de plantas daninhas.
“É importante que o produtor fique atento a umidade relativa do ar, ventos e temperaturas, escolhendo o melhor momento do dia para fazer a aplicação, pois assim o produtor fará com a maior assertividade possível no controle dessas plantas daninhas”, alerta o engenheiro agrônomo.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--