Comportamento

Projeto usa cães para prever resultados na Copa e estimular adoções

LÍVIA MARRA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O polvo Paul e o gato Achilles são alguns dos animais que já previram resultados em Copas. No Brasil, um projeto tem usado cães para adivinhar o resultado das partidas do Mundial da Rússia com um objetivo que vai além da torcida: incentivar a adoção dos bichinhos.
Dos 18 "cãovocados" para a brincadeira, 5 já foram adotados. A iniciativa é da DogFy, uma startup de tecnologia e conteúdo pet, em parceria com a Ampara Animal.
Os vídeos com as previsões são publicados no YouTube da marca e no site Copa da Adoção, onde há foto e descrição de cada um dos cãezinhos que buscam um lar.
O projeto ocorre em época marcada por sofrimento para os animais por causa de fogos e barulho de comemorações. "A pergunta era: como transformar a Copa do Mundo, que é uma época 'ruim' para os cães, em algo bom pra eles?", diz Renato Rozenberg, da DogFy.
Segundo ele, a ideia era apresentar os animais de forma divertida, e o primeiro vídeo foi ao ar no dia 13 de junho, mas era uma espécie de piloto, para apresentar a brincadeira. Três dias depois, foi publicada uma "previsão" com um cão para adoção.
Todos os animais são castrados, vacinados e vermifugados. A página continuará no ar mesmo após a Copa, para dar mais uma chance aos animais que ainda não encontraram uma família.
O interessado em levar um bichinho para casa deve preencher um formulário no site para iniciar o processo de adoção e aguardar contato da ONG.
Rozenberg ...

Cafè Gosto Bom

... diz esperar que a ação incentive a adoção de forma geral, e não apenas durante o projeto. "Quem sabe vendo as brincadeiras as pessoas entendam que os SRDs das ONGs são tão fofos, parceiros e brincalhões como os cães de raça", diz.
As brincadeiras e fotos dos animais disponíveis estão no site copadaadocao.com.br.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--