Comportamento

Sicoob promove ações diante da pandemia do novo coronavírus

Ações vão desde reestruturação de crédito, passam por redução de taxas e chegam até a inovações em aplicativos para realização de assembleias virtuais. 

Como o maior sistema de cooperativas financeiras do Brasil, o Sicoob iniciou ainda em março sua atuação para amenizar os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus no cotidiano de seus cooperados. Para isso, criou um comitê para estudar as consequências do Covid-19 em todo o País e quais ações poderiam ser tomadas para reduzir estes impactos.

Como primeiro passo, foi anunciada a reestruturação de suas operações de crédito, com prorrogação de prazos a partir de avaliações individuais de cada cooperativa. Assim, promovendo maior flexibilidade para que os cooperados viabilizem o pagamento de seus vencimentos.

A Instituição também adotou a linha de crédito do BNDES para pequenas e médias empresas que tenham folha de pagamento vinculada ao Sicoob, com prazo de 30 meses, seis meses de carência, valor de dois salários mínimos por empregado e taxa de 3,75% ao ano. Como diferencial, não será cobrada tarifa extra e não serão exigidas garantias especiais.

Adotando o que há de mais novo em tecnologia, o Sicoob também expandiu as funcionalidades do já existente Sicoob Moob, aplicativo voltado para facilitar a experiência dos cooperados, para que ele passe a possibilitar acesso remoto a palestras, seminários e, principalmente, assembleias. Desta forma, o cooperado não deixa de participar do dia a dia da cooperativa mesmo em sua própria casa.

Outra novidade foi voltada para os cooperados que possuem o cartão Sicoobcard, que, aliás, está com todas as operações funcionando normalmente. Para este público, o Sicoob anunciou um bônus de 50% na troca de pontos por crédito na fatura, válido até 30 de junho. O cooperado que trocava 1.254 pontos por R$ 25, no período promocional passa a ter direito a R$ 37,50, por exemplo.

Hoje o Sicoob conta com mais de 4,7 milhões de cooperados, que estão sendo orientados a utilizar os canais digitais sempre que possível, seja pelo aplicativo ou pelo Internet Banking. "Mesmo neste momento difícil, estamos ao lado dos nossos cooperados para atenuar as dificuldades financeiras que podem surgir", fala Reposse Junior, diretor de Desenvolvimento e Supervisão do Sicoob Confederação. "Este pacote de ações tem implícita a essência do cooperativismo financeiro e do Sicoob. Temos que nos manter unidos para sairmos o mais rápido possível desse período de incertezas".

 

Sobre o Sicoob - O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil, Sicoob, possui 4,7 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por mais de 390 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação). Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas/entidades de: meios eletrônicos de pagamento, consórcios, DTVM, seguradora e previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras. A rede Sicoob é a quarta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 3 mil pontos de atendimento. As cooperativas integrantes do Sistema oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras. Mais informações acesse: www.sicoob.com.br.




Para mais informações basta seguir as redes sociais do jornal
RECEBA NOSSA NEWSLETTER EM SEU EMAIL

Deixe seu email aqui. Preservamos sua privacidade.