Tecnologia

Banco Central libera testes com pagamento por WhatsApp, informa Visa

Divulgação

A Visa confirmou na noite desta sexta-feira, 31, que o Banco Central do Brasil liberou os testes com o sistema de pagamentos pelo WhatsApp. Em nota enviada ao Mobile Time, a bandeira confirmou que está aprovado apenas para testes com novos participantes, mas não poderá realizar qualquer operação comercial na plataforma de mensageria.

“Acreditamos que esse é um passo importante para continuar aperfeiçoando esse modelo de pagamento e inserir mais parceiros no projeto. Seguimos à disposição e contribuindo com o regulador para que a inovação esteja liberada em breve, beneficiando indivíduos, empresas e economias em geral”, respondeu a Visa.

Vale lembrar, o pagamento por WhatsApp foi suspendido pelo BC no final de junho deste ano, logo após o lançamento da solução no Brasil. Na ocasião, Mastercard e Visa foram informados que tal serviço depende de autorização prévia e que só seria concedida após análise sobre seu impacto no ambiente competitivo do setor de pagamentos no Brasil.

“A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato”, informava a nota do órgão regulador enviado à imprensa em 23 de junho. E prosseguia: “A medida permitirá ao BC avaliar eventuais riscos para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) e verificar a observância dos princípios e das regras previstas na Lei nº 12.865, de 2013.”

A Mastercard não respondeu à reportagem. O BC também foi procurado e não respondeu. E a Cielo, que também faz parte da parceria como adquirente e precisou suspender as operações com o app pela decisão do regulador, ainda não foi informada oficialmente da decisão.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--