Comportamento

UNILA cria programa de auxílio emergencial para alunos ingressantes

Medida poderá beneficiar mais de 400 alunos em situação de vulnerabilidade social, que ingressaram na UNILA em 2020

A Universidade Federal da Integração Latino-Americana (UNILA) criou um programa emergencial de apoio aos estudantes que ingressaram este ano na Universidade e que estão em condição de vulnerabilidade, atestada no processo de matrícula. No total, serão beneficiados 426 estudantes: aqueles que ingressaram pelo Sisu nas cotas que consideram a renda do candidato e também os que ingressaram em reserva de vagas no Processo Seletivo Internacional. Esses estudantes irão receber R$ 300 em um único pagamento.
 
O recurso destina-se à aquisição de alimentos e de produtos de higiene e saúde. “É uma forma de atendermos rapidamente esses estudantes. Independentemente de o aluno estar aqui em Foz do Iguaçu ou não, ele vai receber esse dinheiro em razão da pandemia de Covid-19”, explica a pró-reitora de Assuntos Estudantis, Jorgelina Tallei. O programa e as regras para adesão estão definidos na portaria 133/2020/GR, disponível em bit.ly/Boletim26.

Os demais auxílios estudantis da UNILA estão sendo pagos normalmente a aproximadamente 1.400 estudantes. Jorgelina explica que 40% dos recursos do Plano Nacional de Assistência Estudantil (Pnaes) – aproximadamente R$ 3 milhões – estão contingenciados, o que dificulta a expansão dos auxílios estudantis permanentes neste momento. Por isso, a decisão de se estabelecer o auxílio emergencial. “Estamos na dependência de liberação desses 40% para avaliarmos a inclusão desses estudantes nos auxílios permanentes por meio de editais específicos”, explica.

Os estudantes que se enquadram nas condições estabelecidas para o recebimento do auxílio devem fazer a inscrição por meio de formulário eletrônico disponível em inscreva.unila.edu.br/, até o dia 8 de abril. Quem não se inscrever não poderá ser incluído na lista de pagamento do auxílio.

Atendimentos
Apesar das dificuldades impostas pela Covid-19, com a suspensão das aulas e das atividades acadêmicas, a UNILA está mantendo os serviços de atendimento psicológico e de saúde para seus estudantes. Os estudantes podem agendar atendimento, por e-mail, junto ao Departamento de Atendimento à Saúde do Estudante (saude.deas@unila.edu.br) e à Seção de Psicologia (psicologia.prae@unila.edu.br). Os servidores farão o atendimento emergencial aos estudantes, de forma on-line. Também estão mantidas neste período as análises e concessões do auxílio-creche. O atendimento está sendo realizado pelo e-mail servicosocial.prae@unila.edu.br.

Jorgelina explica, ainda, que a UNILA está trabalhando em articulação com os serviços de saúde e assistência social da Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu. Ela cita como exemplo a campanha da Secretaria de Assistência Social para a entrega de marmitas a pessoas em situação de vulnerabilidade. “O aluno nessa condição pode se inscrever”, diz. “Há coisas que institucionalmente a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) não pode fazer. Nós podemos regular auxílio com o dinheiro público que vem do Pnaes. A PRAE não pode comprar cestas básicas, mas pode indicar para o aluno quais são os serviços existentes na cidade e que ele pode acessar”, completa.

A pró-reitora explica, também, que nas próximas semanas será implementada a Comissão de Acompanhamento de Estudante em Risco Social, que terá a participação de servidores técnico-administrativos, docentes e discentes. “Essa comissão terá a missão de acompanhar as ações desenvolvidas para dar uma atenção especial aos alunos que estão em vulnerabilidade.”
RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--