Utilidade Pública

Nota de Esclarecimento da Prefeitura de Cafelândia - PR.

A Secretaria de Administração de Cafelândia esclarece quanto a contratação da empresa para a realização do concurso público municipal.

 

Conforme já é de conhecimento do próprio Ministério Público em informações oficialmente já passadas anteriormente ao referido órgão, a contratação da empresa para a realização do concurso público se deu após o contato com 07 (sete) organizações, sendo 03 (três) da esfera pública, sendo elas as Faculdades Estaduais do Estado do PARANÁ, a UNIOESTE de Cascavel - PR, UNICENTRO de Guarapuava - PR, e UNESPAR de Paranavaí – PR, e 04 (quatro) instituições privadas, o Instituto saber de Cascavel – PR, a FAUEL de Londrina – PR, a Faculdade ALFA de Umuarama - PR, e ainda O IPPEC de Cascavel – PR.

Dentre as propostas recepcionadas junto a esta prefeitura os valores financeiros apresentados estavam entre R$ 149.000,00 (cento e quarenta e nove mil reais) e R$ 564.100,00 (quinhentos e sessenta e quatro mil e cem reais), porém, a UNESPAR através de sua Fundação de Apoio a FAFIPA, apresentou em anexo a sua proposta financeira, uma “Proposta de Risco” onde ela executa todo o serviço em troca das inscrições.

 

Como a perspectiva de número de candidatos e inscritos para a realização deste é incerta e especulativo, a administração municipal em conjunto com o executivo e a comissão organizadora do concurso aprovou a referida proposta “Proposta de Risco” de forma que assim todo o processo “concurso público” será realizado sem vínculo algum aos cofres públicos, ou seja “custo zero” haja vista, o interesse na realização deste é apenas o suprimento das vagas necessárias para melhor atendimento à população cafelandense, inclusive junto à secretaria de saúde e de educação, e não o levantamento de receitas, ou recursos livres com arrecadação através de inscrições.

 

O levantamento feito através de todas as secretarias somam um total de aproximadamente 300 vagas de trabalho, distribuída em pelo menos 65 funções profissionais distintas, deste montante de vagas cerca de 60% serão CONTRATADAS tão logo a instituição, de por encerrado o processo e emita o edital com os aprovados aptos para a contratação, o restante poderá ser contratado conforme a necessidade de profissional e a disponibilidade de recursos para tal, conforme prevê a legislação vigente, o que deixa evidente que o número de vagas a ser ofertadas no concurso público da prefeitura municipal de Cafelândia é muito superior ao número de 26 vagas, que está sendo divulgada de forma errada e inidônea por pessoas que tem como objetivo colocar em cheque a boa gestão pública municipal.

 

Aproveito para reiterar que o poder executivo municipal está dando a comissão organizadora do concurso, plenos poderes para a realização deste certame dentro da legislação vigente, com maior transparência possível, sem direcionamentos de candidatos a serem aprovados, eis o motivo inclusive de se ter escolhido uma instituição pública de ensino superior para a realização deste trabalho, através do processo de dispensa de licitação como prevê também a legislação vigente.

 

Levando em consideração todas as informações acima mencionadas a empresa contratada está neste momento analisando juridicamente o contrato de trabalho, cujo o mesmo deve ser assinado muito em breve e publicado conforme prevê a lei de transparência de informações públicas. Nos colocamos a disposição para esclarecimento de dúvidas quanto a contratação desta empresa e tão breve seja disponibilizado o edital com a abertura do referido certame estaremos novamente comunicando a toda a população.

 

Chamamos a atenção para o fato de que informações inverídicas e FAKE NEWS, possam ser disseminadas a qualquer tempo por pessoas sem compromisso para com a boa gestão municipal, de forma que somente informações sem sites oficiais como órgãos públicos a exemplo do Tribunal de Contas do Estado – TCE, Ministério Público - MP, site oficial da prefeitura de Cafelândia o portal da transparência ou mesmo o site da própria instituição ou órgãos oficiais de imprensa serão validadas como verdadeiras, de forma a assim nos abster de comentários e informações alheias a este assunto.

RECEBA O NOSSO BOLETIM EM SEU E-MAIL!

--